Aquaman ganha primeira imagem oficial

O rei dos mares está presente

O rei dos mares está presente

A Warner divulgou hoje a primeira foto oficial do Aquaman no filme Batman v Superman: Alvorecer da Justiça, que estreia ano que vem. A imagem segue o mesmo padrão das anteriores, com pouca cor e design sombrio. O visual do herói – que será interpretado pelo ator Jason Momoa – remete aos quadrinhos dos anos 90, com o personagem de armadura, cabelos longos e barba. Ainda bem que esqueceram o gancho! A foto traz os dizeres Unite the Seven (Reunir os Sete), numa referência aos sete principais membros da Liga da Justiça: Superman, Batman, Mulher-Maravilha, Aquaman, Flash, Lanterna Verde e Ciborgue (na versão Novos 52).

Salvat lança nova coleção de graphic novels

blog abreFaltando cerca de 20 volumes para completar a coleção de encadernados lançados em 2013 (leia notícia aqui), a Salvat anuncia para a próxima quinta-feira, 26 de fevereiro, a nova coleção de graphic novels entitulada Os Mais Poderosos Heróis da Marvel. A coleção já foi lançada há alguns meses em mercado teste e agora chega às grandes praças como São Paulo, Rio de Janeiro, Piauí, Goiás e Rio Grande do Norte.

Imagem da lombada que, espera-se, não tenha problemas desta vez.

Imagem da lombada que, espera-se, não tenha problemas desta vez.

A nova coleção segue o mesmo esquema da anterior: serão 60 volumes, em capa dura, preço amigável (R$ 9,90 para o primeiro volume, R$ 19,90 para o segundo e R$ 32,90 para os seguintes), papel de qualidade e lombada que forma uma imagem única, com ilustração do artista Adi Granov. A diferença está no conteúdo: enquanto a Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel destacava grandes histórias dos heróis, o foco dessa coleção é nos personagens.

Coleção antecipa filme da superequipe

Coleção antecipa filme da superequipe

O primeiro volume é dedicado aos Vingadores e traz o arco A Vingança de Ultron – obviamente, já pensando no filme dos heróis, que estreia em abril. Além disso, traz também a primeira história dos Vingadores, publicada em 1963. Os fascículos seguintes seguem o mesmo esquema, trazendo histórias importantes para o personagem-título, tanto antigas quanto atuais, além de artigos contando detalhes de bastidores da criação dos heróis e uma lista de leitura essencial de cada personagem-título.

Fascículos destacam personagens, incluindo os mais desconhecidos.

Fascículos destacam personagens, incluindo os mais desconhecidos.

A coleção Os Mais Poderosos Heróis da Marvel foi lançada na Inglaterra no início de 2013, mas foi interrompida após o lançamento da quarta edição. No final do mesmo ano, foi relançada e permanece em circulação até hoje – a coleção está na edição 30. Ou seja: nem lá fora temos notícias de quais são os sessenta livros, uma vez que o site oficial não fornece informações precisas.

Quer Dias de um Futuro Esquecido por preço camarada? É sua chance!

Quer Dias de um Futuro Esquecido por preço camarada? É sua chance!

Mesmo assim, segue abaixo uma lista dos números que já foram publicados, com as respectivas HQs presentes em cada fascículo. Vale dizer que essa ordem segue a sequência de lançamento na Inglaterra e pode sofrer alterações na versão brasileira. Atualizaremos a tabela conforme os títulos forem sendo lançados.

Nº. Volume Título  HQs originais
1 24 Os Vingadores Avengers (Vol. 3) 0 e 19-22
Avengers 1
2 12 Homem-Aranha Amazing Spider-Man (Vol. 2) 57-58
Amazing Spider-Man (Vol. 1) 500-502
Amazing Fantasy 15
Amazing Spider-Man Annual 1
3 55 Wolverine Wolverine (Vol. 3) 62-65
Incredible Hulk 181
4 10 Hulk The Incredible Hulk (Vol. 2) 12-20
5 29 Gavião Arqueiro Hawkeye 1-4
Tales of Suspense 5
The Avengers 16
6 22 Jean Grey All-New X-Men 1-5
X-Men Origins: Jean Grey
7 49 Luke Cage Power Man and Iron Fist 50-53
Luke Cage 1-3
8 3 Capitão América Captain America 247-255
9 13 Homem de Ferro The Invincible Iron Man (Vol. 5) 1-7
Tales of Suspense 39
10 17 X-Men X-Men: Children of the Atom 1-6
X-Men (Vol. 1) 1
11 27 Viúva Negra Black Widow 1-6
Tales of Suspense 52
The Amazing Spider-Man 86
12 2 Tocha Humana (Original) The Torch 1-8
13 32 Os Três Guerreiros Warriors Three 1-4
Marvel Fanfare #34-37
14 20 Ciclope Marvel Icons: Cyclops 1-4
X-Men Origins: Cyclops 1
15 38 Capitão Marvel Captain Marvel 17-23
Marvel Spotlight On Captain Marvel 1-2
16 57 Os Incomparáveis X-Men Uncanny X-Men 138-142
Marvel Graphic Novel 5
17 6 Mulher Invisível Fantastic Four 280-284
18 42 Visão Avengers Icons: Vision 1-4
Avengers 57-58
19 43 Guardiões da Galáxia Guardians of the Galaxy (Vol. 2)1-6
Thor Annual 6
20 45 Falcão The Falcon 1-4
Captain America 117-119
21 1 Namor Namor The Sub-Mariner 1-9
22 23 Professor X Uncanny X-Men 278-280
X-Factor 69-70
Uncanny X-Men 117
23 40 Miss Marvel/Capitã Marvel Captain Marvel (Vol. 7) 1-6
Ms. Marvel (Vol. 1) 1-3
24 46 Valquíria Fearless Defenders 1-6
25 53 Justiceiro Punisher: Circle of Blood 1-5The Amazing Spider-Man 129
26 14 Nick Fury Secret Warriors 1-6
Sgt. Fury & His Howling Commandos 1
27 35 Pantera Negra Black Panther (Vol. 4) 39-41
Fantastic Four 52-53
28 56 Homem Múltiplo Madrox 1-5
Giant Size Fantastic Four 4
29 47 Harpia New Avengers: The Reunion 1-4
Marvel Team-Up 95
30 48 Os Defensores The Defenders (Vol. 3) 1-5
31 Demolidor Daredevil: The Man Without Fear 1-5
Daredevil 1
32 Quarteto Fantástico Fantastic Four 192-200
33 Doutor Estranho Doctor Strange (Vol. 2) 68-74
Strange Tales #110

Nova agenda de filmes de super-heróis

blog abreCom a notícia divulgada hoje, de que a Sony Pictures e a Marvel Studios fizeram um acordo que prevê a participação do Homem-Aranha nos filmes da Marvel, a agenda de filmes de super-heróis divulgada anteriormente aqui sofreu pequenas alterações. Com o acordo, o Homem-Aranha ganha um novo filme já em 2017 produzido por Kevin Feige (da Marvel Studios) e Amy Pascal (da Sony). O filme será distribuído pela Sony Pictures.

Por conta do filme do aracnídeo, os outros filmes da Marvel Studios foram “empurrados” e uma nova data foi aberta em 2019. Assim, Homem-Aranha ocupa a data que era de Thor: Ragnarok (28 de julho de 2017). O Deus do Trovão será exibido na data anteriormente prevista para Pantera Negra (3 de Novembro de 2017), que, por sua vez, vai para a data que era da Capitã Marvel (6 de julho de 2018). A heroína cósmica será vista no mesmo ano, em 2 de novembro, data que pertencia aos Inumanos. Estes ganharam um prazo maior e foram para 12 de julho de 2019, depois de Vingadores – Guerra Infinita Parte I. Confira como ficou o calendário de filmes até 2020.

Filmes de super-heróis até 2020

Filmes de super-heróis até 2020

A nota não menciona se Andrew Garfield continuará no papel do herói, mas tudo indica que a Marvel recomeçará a franquia do zero (de novo!). Também não há menção se o filme do Sexteto Sinistro (prometido pela Sony para 11 de novembro de 2016) será realizado. Por via das dúvidas, ele foi mantido no nosso calendário, mas tudo indica que o projeto será cancelado.

Crítica: Birdman (ou A Inesperada Virtude da Ignorância)

blog abreContrariando o que dissemos em nosso Preview 2015, o filme Birdman (ou A Inesperada Virtude da Ignorância) estreou nos cinemas. Porém, poucas salas exibem o longa – normalmente, os cinemas de circuito alternativo. O motivo é muito simples: o filme foi um fracasso nas bilheterias americanas e só ganhou um impulso depois que recebeu nove indicações para o Oscar, entre elas a de Melhor Filme, Ator, Diretor, Ator Coadjuvante e Atriz Coadjuvante.

Pássaro-Robô gigante. Uma crítica velada - ok, nem tão velada - aos filmes arrasa-quarteirão

Pássaro-Robô gigante. Uma crítica velada – ok, nem tão velada – aos filmes arrasa-quarteirão

Não deixa de ser surpreendente que um “filme-fracasso” tenha sido eleito um dos queridinhos da Academia.  Em números: o filme estreou em outubro/2014 nos Estados Unidos e, até o momento, arrecadou US$ 33,8 milhões de bilheteria, montante suficiente para cobrir os custos de US$ 22 milhões, mas não para que seja considerado um sucesso. O curioso nessa história é que o enredo do filme critica exatamente a tendência de Hollywood em fazer apenas blockbusters. De forma subjetiva, o diretor Alejandro González Iñárritu passa seu recado.

Michael Keaton interpreta um ator que interpretou Birdman que inferniza a vida do ator. Entendeu?

Michael Keaton interpreta um ator que interpretou Birdman que inferniza a vida do ator. Entendeu?

Aliás, o filme é todo subjetivo e, talvez por isso, não tenha caído no gosto popular, que prefere algo que não exija tantos neurônios – não que isso seja negativo, bom deixar claro, pois todos nós temos nossos momentos de simplesmente querer sentar no cinema e relaxar. Mas o fato é que a proposta de Birdman engana um espectador desavisado. Eu mesmo, embora soubesse não se tratar de um filme de super-herói, mas sim de um ator frustrado que tenta recuperar sua carreira marcada pelo personagem – o Birdman do título – ainda assim esperava ver Michael Keaton vestindo a roupa do herói em algumas cenas e gravando o filme dentro do filme, numa produção metalinguística.

Fantasia e realidade se misturam.

Fantasia e realidade se misturam.

Ledo engano. Birdman só aparece lá pro final da história e, ainda assim pouco menos de 10 minutos. O foco da história não é no personagem, mas no drama do ator Riggan Thomson (Keaton), que teve sua carreira marcada ao interpretar o personagem Birdman no cinema e, ao se recusar a fazer um quarto filme, nunca mais conseguiu um papel decente – se alguém se lembrar de Batman, não é mera coincidência. Assim, Riggan tenta retomar sua carreira organizando uma peça de teatro na Broadway e realizando ensaios abertos para que público e crítica possam vê-la e, assim, ganhar prestígio.

Batman X Hulk

Batman X Hulk

Ao mesmo tempo, Riggan precisa conquistar o amor de sua filha Sam (Emma Stone) e lidar com sua rebeldia, além de aturar o estrelismo de Mike (Edward Norton), um prestigiado ator que entrou na peça para garantir maior peso ao elenco. Como se não bastasse, Riggan tem ataques de esquizofrenia e ouve a voz de Birdman quando está só, chamando-o de fracassado e afirmando que ele só fará sucesso novamente se voltar aos arrasa-quarteirões. Para completar o quadro, há também a crítica de cultura Tabitha Dickinson (Lindsay Duncan), cujos comentários influentes podem determinar o sucesso ou o fracasso da peça.

Olhe lá no céu! É um pássaro? Sim, é um pássaro...

Olhe lá no céu! É um pássaro? Sim, é um pássaro…

O diretor utiliza uma técnica de filmagem sem corte de câmera, o que dá uma ideia de continuidade da cena, mesmo quando há passagem de tempo. O estilo permite que o espectador passeie pelos bastidores do teatro, siga os personagens e tenha a sensação que as duas horas de projeção aconteçam de forma ininterrupta. Um truque bem interessante – truque porque é óbvio que há cortes, mesmo que imperceptíveis – que acrescenta ritmo à narrativa.

Correndo seminu pela Broadway: um drama cômico

Correndo seminu pela Broadway: um drama cômico

Birdman é genial. Envolvidos pela história, não percebemos o que é “real” e o que é imaginação do ator, mas somos absorvidos pela dramaticidade cômica das situações mostradas. Iñárritu conseguiu a façanha de despertar sensações opostas a uma mesma cena: ao mesmo tempo em que achamos engraçado ver Riggan correndo de cuecas pelas ruas da Broadway, também nos preocupamos em ver a situação ridícula a que foi exposto, às vésperas de sua estreia como diretor teatral.

O ator e sua peça de teatro (e a imagem do Fantasma da Ópera não é por acaso, já que Riggan também é assombrado por um).

O ator e sua peça de teatro (e a imagem do Fantasma da Ópera não é por acaso, já que Riggan também é assombrado por um).

E a metáfora do cinema blockbuster versus cinema com técnica permeia toda a trama, com referências claras a produções como Transformers, Homem-Aranha e outros, cheios de efeitos especiais que enchem os olhos, mas pouca profundidade intelectual. Se o filme vai ganhar algum dos nove oscars a que foi indicado, só vamos saber na noite do dia 22 de fevereiro. Até lá, vale uma corrida aos cinemas, antes que o filme saia de cartaz e seja substituído por algum filme mais comercial.

Cotação: blog cotação birdman

 

Demolidor ganha primeiro trailer

A Netflix acaba de liberar o primeiro trailer da série do Demolidor, que estreia no canal em 10 de Abril. O herói cego da Marvel será interpretado por Charlie Cox e a série também contará com a participação de Elder Henson como Foggy Nelson, Deborah Ann Woll como Karen Page e Vincent D’Onofrio como Rei do Crime.

Eléktron: mais um herói em Arrow

Nada de colantes nem de proporções diminutas.

Nada de colantes nem de proporções diminutas.

Foi divulgada a primeira imagem do herói Eléktron – interpretado por Brandon Routh na série de TV Arrow – vestindo sua armadura. Routh entrou na terceira temporada da série, que é exibida pelo canal CW às quartas-feiras (no Brasil, está sendo exibido no canal pago Warner, às sextas-feiras).

Para quem não conhece, Eléktron é a identidade secreta do cientista Ray Palmer, que desenvolve um cinturão que lhe permite encolher a dimensões microscópicas. O herói já teve um desenho animado produzido pelos estúdios Filmation onde era chamado de Atômico e também participou do clássico desenho Superamigos, dos estúdios Hanna-Barbera.

Na série Arrow, sua aparição como herói está prevista para o episódio 15, entitulado Nanda Parbat. No entanto, não se animem muito, fãs: segundo informações do site americano Screen Rant, Eléktron não terá (ao menos inicialmente) poderes de encolhimento. A armadura será apenas um exoesqueleto que lhe proporcionará meios para combater o crime em Starling City. Em tempo: a armadura é chamada de A.T.O.M. (Advanced Technology Operating Mechanism, ou Mecanismo Operacional de Tecnologia Avançada em tradução livre).

 

Exposição comemora 50 anos de Mafalda

mfld_art_7Criada pelo cartunista argentino Quino – pseudônimo de Joaquin Salvador Lavado Tejón – a personagem Mafalda completou 50 anos no ano passado e, para comemorar, está em cartaz, desde o dia 17 de Dezembro, a exposição “O Mundo Segundo Mafalda”, na Praça das Artes, centro de São Paulo. A exposição resgata os principais momentos da personagem, seus gostos, amigos, objetos e, a principal característica, sua visão particular do mundo, com comentários repletos de humor e criatividade.

Criada em 1964, Mafalda foi publicada até 1973. Virou desenho animado em 1981 e estampa centenas de produtos, especialmente na Argentina, onde é nome até de uma praça de Buenos Aires. A mostra tem entrada franca e acontece todos os dias, inclusive aos sábados e domingos, até 28 de fevereiro, das 9h às 20h. O endereço é Av. São João, 281 – Centro – SP. Veja abaixo algumas fotos e não perca esta exposição, completíssima, sobre a carismática personagem. (Fotos: Júnior Batson)