Top 10 – Famílias Animadas

Ainda em clima de Toy Story e como os Top 10 sempre fazem sucesso, apresentamos hoje as 10 melhores famílias de desenhos animados/animações. Porque família é o porto seguro onde qualquer um pode encontrar apoio quando o mundo inteiro estiver contra. É o lugar onde aprendemos os conceitos básicos de uma vida social, as lições que vão permanecer por toda a nossa vida. Porque estão tentando acabar com ela, com relacionamentos superficiais e vazios, mas apesar disso, ela continua sendo nosso maior tesouro.

Família pra lá de fofa

10 – Barbapapa – quem foi criança nos distantes anos 70 deve lembrar dos Barbapapa, bonecos sem forma definida, que se transformavam em qualquer coisa e eram exibidos no Globo Cor Especial, programa infantil da Rede Globo de desenhos animados. Foi criada na França por Annete Tiso e Talus Taylor e virou um programa educativo numa co-produção da Holanda e Japão. É formada pelo Barbapapa (pai), Barbamama (mãe) e sete filhos: Barbabela (lilás), Barbaclic (azul), Barbacuca (laranja), Barbalala (verde), Barbatinta (preto), Barbazoo (amarelo) e Barbaploc (vermelho).

Go, Speed Racer!

9 – Speed Racer – Produção japonesa criada por Tatsuo Yoshida, foi exibida pela Rede Record nos anos 70 e conta a história de Speed (Go Mifune no original, o que explica o G da sua camiseta, algo que nunca foi explicado para as crianças da época) e suas aventuras nas pistas de corrida. Speed dirige o Mach 5, um carro superequipado com uma série de acessórios especiais que lhe permitem sobreviver nas violentas corridas ao redor do mundo e também ajuda na solução de crimes e fraudes nas corridas. O carro foi construído por seu pai, Pops Racer. Ele também conta sempre com o apoio da mãe, da namorada Trixie, do mecânico Sparky e do irmão mais novo Gorducho e o chimpanzé Zequinha. Completa a família o Corredor X, o irmão mais velho de Speed, que fugiu de casa e foi dado como morto.

Família que só tem homens

8 – Jonny Quest – A família, no caso, é Jonny e seu pai, Dr. Benton Quest, o cientista que atravessa o mundo em busca de relíquias e outros artefatos. Nada se fala sobre a mãe de Jonny e não se sabe se ela morreu ou se se separou do marido. De qualquer forma, outros membros convivem com pai e filho e, de tão queridos, são como se fossem membros da família. É o caso de Roger “Race” Bannon, segurança do Dr. Benton e seu filho, do indiano Hadji, que foi salvo das ruas da índia e adotado pelo cientista, e do cãozinho buldogue Bandit. O desenho foi criado em 1964 pelos estúdios Hanna-Barbera e revolucionou pelo roteiro adulto e animação realista, bem diferente dos animais estilizados feitos pelo estúdio.

Quem gostaria desses bichinhos de estimação?

7 – Os Herculoides – Outro desenho dos estúdios Hanna-Barbera, os Herculoides (sem acento, pela Nova Ortografia da Língua Portuguesa) são uma família que vive num planeta desconhecido com características pré-históricas e enfrenta as mais bizarras ameaças para defender o local. É formado por Zandor, o pai; Tara, a mãe e Dorno, o filho. Completam a equipe o homem de pedra Igoo, o dragão alado Zok, uma espécie de rinoceronte com 10 patas chamado Tundro, que lança pedras energéticas de um de seus chifres, e os seres amórficos Gleep e Gloop, com propriedades elásticas. Os Herculoides foram criados por Alex Toth em 1967 e o desenho teve 35 episódios. Em 1981, uma nova animação foi feita, mas sem o mesmo sucesso.

Trapalhadas em família

6 – Família Urso – Criada pelos estúdios de Walter Lantz – o mesmo do Pica-Pau – a Família Urso é formada pelo pai, Charlie Urso (Ursulão, na nova dublagem), a mãe Bessie (Úrsula), o tapado filho mais velho Júnior (Ursulino) e a espertinha filha mais nova Susy (Ursulina). Completa a família o ganso Goose, que detestava o pai e vivia lhe dando bicadas. Aliás, Ursulão é o típico pai que só arruma confusão com sua mania de economizar uns trocados e mostrar que sabia fazer os consertos domésticos. O problema é que o conserto sempre saía mais caro do que se contratasse um profissional para fazer o serviço e resultava em paneladas na cabeça após destruir toda a casa. Ursulino tinha mesmo a quem puxar no quesito “idiotice”.

Eles são super!

5 – Os Incríveis – Quem não gostaria de ter um pai super-herói? Uma mãe super-heroina? Aliás, não seria ótimo ter uma família inteira de super-heróis? Pois é… É isso que acontece com os Incríveis, a superfamília formada pelo pai Sr. Incrível, com superforça; a mãe Mulher-Elástica, com corpo maleável, capaz de se esticar e tomar qualquer forma; a filha mais velha Violeta, com o poder da invisibilidade e de produzir campos de força; o filho do meio Flecha, superveloz, e o bebê Zezé, que é o único que não tem superpoderes. Bem, ao menos aparentemente. Quando um vilão ameaça sua vida recém-começada, ele prova que sabe se defender.

Família do futuro

4 – Os Jetsons – Num futuro indeterminado, vive o palerma George, juntamente com sua esposa Jane, os filhos Judy e Elroy, o cachorro Astor e a empregada robô Rosie. O desenho, feito pelos estúdios Hanna-Barbera, apresentava o “american way of life” de forma bastante divertida, com engenhocas futuristas que qualquer um queria ter em casa. Qual dona de casa não gostaria de ter uma máquina que bastava apertar um botão e a comida sair pronta? Ainda não chegamos nesse nível, mas ninguém pode negar que o desenho não foi visionário, pois já mostrava a telefonia móvel e a vídeoconferência mais de 40 anos antes de sua invenção. Por isso mesmo, era muito, muito divertido imaginar o futuro!

Essa família é pedra!

3 – Os Flintstones – Se era divertido imaginar o futuro com Os Jetsons, não era menos engraçado ver o passado com os Flintstones, pois essa família pré-histórica tinha todos os eletrodomésticos que tínhamos em casa em versão idade da pedra. O chuveiro era um mamute que esguichava água, a máquina fotográfica tinha um pássaro dentro, que reproduzia a cena que via e assim por diante. Sem dúvida, Fred, Vilma, Pedrita e Dino eram os vizinhos que qualquer um gostaria de ter. Ou não. Que o digam Barney, Beth e Bambam!

Não é a mamãe!

2 – Família Dinossauro – Já que falamos em Idade da Pedra, claro que não poderíamos esquecer essa família maluca formada por Dino da Silva Sauro, Fran, Bobby, Charlene e o pequeno Baby, cada um com uma característica: Fran era a mais sensata e a verdadeira rainha do lar; Charlene, a fútil filha mais nova cuja maior preocupação era fazer compras; Bobby, o típico adolescente, ligado em rock’n’roll e pouco interessado em estudar; Baby, o astro da casa, aquele em quem todas as atenções se concentravam (e ai de todos se não fosse assim!) e Dino… bem… Dino era o pai e isso bastava. O “poderoso megalossauro” que nunca fazia nada de útil e passava o tempo vendo TV ou bebendo com o amigo Roy. A família era completada (pra suplício eterno de Dino) com a sogra Zilda. A série animada foi produzida pela Disney, em parceria com Jim Henson, o mesmo criador dos Muppets e teve quatro temporadas, de 1991 a 1994, com 65 episódios.

A família mais querida do mundo

1 – Os Simpsons – Sem dúvida, a família mais querida da TV, no ar há mais de 20 anos. Antes dos Simpsons, os Flintstones era a série animada mais longa da TV, com seis temporadas e 166 episódios. Atualmente, Homer, Marge, Bart, Lisa e Maggie já quebraram diversos recordes, incluindo “a mais longe sitcom americana”, “o mais longo programa animado” e, em 2009, superaram Gunsmoke, como a mais longa série americana em horário nobre. Não há como não rir das palhaçadas de Homer e não identificar algumas situações como já vividas por todos nós. É uma série extremamente inteligente que satiriza tudo, desde astros de TV, religião, política… nada escapa ao humor refinado de Matt Groening, criador da série. E, verdade seja dita: ser imortalizado em algum episódio dos Simpsons é uma honra! Para quem tem bom humor, claro!

Anúncios

7 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s