Leituras da Semana – Maio (1)

Primeiro final de semana de maio e temos algumas (poucas) leituras bacanas. Encadernados demandam mais tempo para serem lidos, porque têm mais histórias, mas a semana reservou dois arcos – um clássico e o outro, um pouco mais moderno – cheios da ação e momentos marcantes.

O fim de uma era

Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel – Clássicos Vol. XVI – X-Men: À Sombra de Sauron (nov/2016) – Continuando o fascículo anterior, as histórias dos X-Men escritas por Neal Adams, na fase crítica da revista, quando o título estava prestes a ser cancelado no final dos anos 1960 e início dos anos 1970. A qualidade dos roteiros melhorou bastante e criou histórias memoráveis, com os X-Men na Terra Selvagem, encontrando Solaris (que, anos depois, seria integrado à equipe original dos Novos X-Men) e até com uma participação especial de um certo Gigante Verde. Mesmo assim, o título foi cancelado e entrou numa fase de republicações até a metade da década quando foi reformulada e se tornou o fenômeno que conhecemos hoje. De brinde, ainda tem uma HQ que mostra como o Fera ganhou sua aparência bestial. Excelente edição.

Nova coleção

Homem-Aranha – A Coleção Definitiva 1 – Caído entre os Mortos (abr/2017) – A nova coleção da Salvat focada apenas no Amigão da Vizinhança estreia com um arco bem bacana, escrito por Mark Millar, com uma trama mais realista e urbana do herói aracnídeo para o selo Marvel Knights. Um misterioso vilão descobre a identidade secreta do Homem-Aranha e sequestra a Tia May, forçando o jovem a um mergulho no submundo do crime em busca do responsável. Os vilões clássicos como Duende Verde, Electro, Abutre e Dr. Octopus estrelam os seis números compilados neste encadernado que reúne humor, mistério, ação e drama na medida certa para uma boa aventura. Embora a história seja compreensível, ela não tem um final conclusivo e continua no volume 6 da coleção.