Leituras da Semana – Março (1)

blog-abrePegando o restinho de fevereiro e o feriado prolongado de Carnaval, iniciamos o mês de março com leituras bem bacanas.

Starlin e sua criação máxima.

Starlin e sua criação máxima.

Thanos – Revelação Infinita (fev/2017) – Quarto encadernado da série OGN (Original Graphic Novel), esta edição traz Thanos como protagonista em mais uma história de busca por um objeto capaz de alterar/destruir a realidade. Essa temática, já não tão original, é comum nas histórias criadas por Jim Starlin – o roteirista desta HQ – e ele se aproveita de todos os conceitos já trabalhados ao longo dos anos. A trama em si não é tão boa – é até um tanto confusa – mas só pelo fato de ter Starlin de volta aos personagens que criou (no caso de Thanos) e consagrou (no caso de Adam Warlock), já vale a leitura. O autor sabe criar sagas cósmicas como ninguém e repete a façanha. As referências no meio da história são a melhor diversão para os fãs de longa data.

O Mago Supremo e seu machado místico numa fase excelente.

O Mago Supremo e seu machado místico numa fase excelente.

Doutor Estranho 3 (fev/2017) – A batalha do Doutor Estranho contra o Empirikul continua, obrigando o mago supremo a se utilizar de toda magia disponível – já que ela está desaparecendo – incluindo magia negra. Trata-se de uma volta às origens do personagem, já que, quando foi criado, ele era “o mestre da magia negra”, ao invés de “artes místicas”. Apesar da temática um tanto lúgubre, as histórias são bem leves e divertidas, como nunca havia sido visto antes nas aventuras do Dr. Estranho. Uma fase muito boa que merece ser acompanhada.

Thora ganha sua própria revista mensal

Thora ganha sua própria revista mensal

Thor 1 (Fev/2017) – A última vez que Thor teve um título mensal só dele foi no distante ano de 1976, ainda quando a Marvel era publicada pela Bloch Editora e o Deus do Trovão era chamado de “barra-limpa” nos desenhos desanimados que passavam na Rede Record. De lá pra cá, o personagem ficou relegado a coadjuvante nas publicações de linha ou, no máximo, dividindo um título com outro personagem – caso de Homem de Ferro & Thor, publicada pela Panini de 2013 a 2015. Agora, o herói ganha o protagonismo mais uma vez… ou melhor, A heroína, já que agora estamos falando da Poderosa Thor (que eu chamarei de Thora, independentemente do que digam). Pois bem… nessa revista solo – pode ser considerada a primeira vez, já que se trata de outro personagem – Thora se divide entre a luta contra o câncer que extingue sua vida aos poucos e batalhas no reino eterno, onde ela não é bem-vinda. E, só pra constar, Odin agora é um vilão. Vivemos num mundo sombrio para os quadrinhos de super-herói…

Mais ritmo para as HQs do Vingador Dourado

Mais ritmo para as HQs do Vingador Dourado

Homem de Ferro 3 (fev/2017) – Com os roteiros de Brian Michael Bendis, as aventuras do Vingador Dourado ganharam muito mais ritmo. Tanto em dinâmica, com histórias ágeis e cheias de ação, como nos diálogos, cheios de sarcasmo e boas tiradas. Nesta edição, o Homem de Ferro tem a ajuda do Dr. Destino para enfrentar Madame Máscara que, finalmente, tem a origem de seus novos poderes místicos revelada – e não é nada bom! Ao mesmo tempo, Máquina de Combate investiga o roubo das Indústrias Stark no Japão e seu chefe faz um convite inusitado a uma certa modelo que tem uma relação muito íntima com o universo dos super-heróis para trabalhar com ele.

Que vilão conseguiria "inverter" Manto e Adaga?

Que vilão conseguiria “inverter” Manto e Adaga?

O Espetacular Homem-Aranha 4 (Fev/2017) – Quando a capa da revista mostra Manto e Adaga com seus poderes invertidos, já é uma pista de qual supervilão está de volta para infernizar a vida do Homem-Aranha – aliás, um dos vilões mais ridículos de sua carreira, capaz de fazer frente ao Gibão e ao Homem-Sapo, mas que o roteirista Dan Slott (o criador da figura, aliás) faz crer que ele é tão badass quanto o Rei do Crime. Em Homem-Aranha Ultimate, Morales tem que lidar com a indiscrição de seu (ex?) melhor amigo. Texto ágil e divertido de… adivinhem!… Brian Bendis.

Trama inteligente e bem conduzida.

Trama inteligente e bem conduzida.

O Capuz – O Sangue que vem das Pedras (Fev/2016) – Este encadernado, lançado há um ano atrás, é o último da série de vilões da Marvel (até o momento, pelo menos) e, embora tenha ouvido muitas críticas negativas, me surpreendi com a excelente trama. Conta a origem do vilão e como ele adquiriu seu capuz místico e de onde vem seus poderes. O roteiro de Brian K. Vaughan (criador dos Fugitivos, só pra sentir o calibre do sujeito) explora as motivações do ladrão pé-de-chinelo Parker Robbins e de como os eventos o foram conduzindo a se tornar um perigoso supervilão. A história é bem conduzida e, mesmo trabalhando com um personagem de pouca popularidade, o autor consegue dar a ele um grau de importância, principalmente ao associá-lo a supervilões conhecidos como Shocker, Constritor e Halloween. Aí é que está a brincadeira: associar um vilão de segunda aos outros do mesmo nível e mostrar que ele pode superá-los. Excelente leitura.

Medo mesmo, só das HQs sem final.

Medo mesmo, só das HQs sem final.

Coleção Oficial de Graphic Novels Salvat Vol. XXI – Marvel Horror – (Fev/2017) – Nos anos 1970, o mercado de quadrinhos passou por uma febre de histórias de terror. Isso aconteceu por conta do alívio que o famigerado Comics Code sofreu na época, liberando novamente essas HQs, que antes estavam na lista negra de publicações. Este encadernado resgata a gênese deste gênero, com as estreias ou primeiras histórias de personagens como Drácula, Lobisomem, Frankenstein, Múmia Viva, Motoqueiro Fantasma, Filho de Satã, Homem-Coisa, Irmão Vodu e, de brinde, Morbius, o vampiro que serviu de experiência para o retorno do gênero. É um retrato de uma época, com um excelente time de roteiristas, mas infelizmente, a edição peca pela falta de continuidade. No ímpeto de publicar o maior número possível de monstros, as histórias (a maioria com continuação) ficaram sem um final. Ou seja: leia, mas não saiba como a história termina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s