Saído do Forno: Selva – A Gazeta Gráfica

blog-abreO site Catarse tem proporcionado aos artistas independentes a realização concreta de seus projetos e, aos leitores, a oportunidade de ler um material que desejam, colaborando para que ele se torne viável. Nem todos os projetos têm qualidade para uma produção em larga escala e, com o sistema de financiamento coletivo, somente aqueles que estão interessados pagam por ele, o que é bem bacana, pois atinge o público-alvo específico. Outros, porém, são tão bacanas, que mereciam ter sua ideia comprada por uma grande editora e se tornarem mais visíveis a ponto de chegar a um público muito maior.

Comparação de tamanho com as tradicionais publicações em formato americano.

Comparação de tamanho com as tradicionais publicações em formato americano.

É o caso do projeto Selva – A Gazeta Gráfica, que se encontra em financiamento até o próximo dia 15 de Dezembro. A ideia não é inovadora, mas é legal pela sua diferenciação: ao invés de uma publicação nos tradicionais formatinho (13,5 cm X 19 cm) ou formato americano (17 cm X 26 cm), Selva tem formato tabloide (29 cm X 38 cm), resgatando a imagem dos antigos cadernos dominicais, que nos apresentaram personagens como Flash Gordon, Little Nemo, Sobrinhos do Capitão e outros que são a gênese das histórias em quadrinhos no início do século XX. Ao mesmo tempo, o “formatão” permite aos desenhistas uma melhor expressão de sua arte.

Um mix de artistas fizeram um trabalho "animal" nesta selva.

Um mix de artistas fizeram um trabalho “animal” nesta selva.

Além disso, a publicação é feita com papel de qualidade (couché com brilho), o que garante cores mais vivas para melhor apreciação da arte. São 16 páginas coloridas e um mix de histórias em quadrinhos que vai de adaptações de textos literários, passando por quadrinização de clássicos bíblicos a roteiros inéditos, criados especialmente para o título. Selva também inclui artigos redigidos por profissionais especializados em quadrinhos e literatura. Uma verdadeira mistura de estilos, temas e visões de mundo: daí o nome da publicação – uma selva.

A história bíblica de Jonas e um romance alemão são apenas dois exemplos da versatilidade de estilos.

A história bíblica de Jonas e um romance alemão são apenas dois exemplos da versatilidade de estilos.

Tivemos acesso à primeira edição e ratificamos a qualidade das HQs. Em Ultimatum para Nínive (Roteiro e arte de Spacca), a história bíblica de Jonas (aquele que foi engolido por um peixe gigante) é retratada com muito bom humor; Luz (roteiro e desenhos de Mika Takahashi) é uma história sem texto que trata com lirismo e delicadeza o sentimento da amizade e mostra o poder interior de cada um; A Luva (roteiro e arte de Joel Lobo) é uma divertida adaptação de um poema do alemão Friedrich Schiller; já Eterno enquanto queijo mostra a surreal história de amor entre a protagonista e uma pizza. Genial!

Experimente uma HQ com um sabor diferente do tradicional.

Experimente uma HQ com um sabor diferente do tradicional.

O projeto tem um site para os interessados ficarem por dentro das novidades e está captando recursos para a impressão da HQ até dia 15 de dezembro. A meta solicitada para o projeto é de R$ 12 mil, sendo que os colaboradores receberão, além da publicação impressa, uma série de brindes enviados conforme o valor da ajuda financeira. Veja o valor de cada pacote acessando aqui e mande sua contribuição. Poucos projetos brasileiros são tão divertidos e diferenciados como Selva – A Gazeta Gráfica. Por isso, ele merece ter todo o apoio possível para que saia, não apenas o número um, mas muitos outros exemplares.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s