Top 10 – Cenas que você (provavelmente) não viu em Luke Cage

blog-abreATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS

A série de Luke Cage está bombando na Netflix e, como sempre, traz várias referências ao universo do super-herói nos quadrinhos e também aos outros filmes e séries do universo cinemático da Marvel. Como nem todo mundo tem a percepção (ou o conhecimento) destas chamados easter eggs, a gente facilitou o trabalho e criamos esse Top 10 pra você ficar antenado em todos os segredinhos da série, que enriquecem a compreensão do personagem. Só tome cuidado na leitura: se você ainda não viu todos os episódios, este post contém revelações importantes sobre a trama (SPOILERS! SPOILERS! SPOILERS!).

Referência poderosa

Referência poderosa

1 – O Poderoso – Logo no primeiro episódio, Pop (Frankie Faison) chama Luke Cage (Mike Colter) de “Poderoso” – Power Man, no original. Esse é o nome com o qual o gibi do herói saiu nos anos 1970.

Quanto você quer pela edição 1 da sua revista?

Quanto você quer pela edição 1 da sua revista?

2 – Herói de Aluguel – Outra referência importante à origem do personagem: quando Luke Cage foi criado, em 1972, ele decidiu utilizar seus recém-adquiridos poderes em benefício próprio e só realizava trabalhos heroicos mediante pagamento. Na série, Luke é um cara mais legal e faz o bem de graça, mas os roteiristas não esqueceram seu passado. Na cena em que Luke defende o restaurante Genghis Connie de um bando de arruaceiros, a proprietária (Jade Wu) quer lhe pagar e diz que ele poderia ganhar muito dinheiro trabalhando como guarda-costas.

Ridículo... mas épico.

Ridículo… mas épico.

3 – Visual clássico – no trailer da série, os fãs mais antigos já se esbaldaram em ver Luke de braceletes e tiara saindo do tonel de produtos químicos, mas os produtores ainda reservaram o melhor. Ao fugir da cadeia, Luke  rouba de um varal uma camisa de seda amarela, calça azul e até o cinto de corrente. Visual dos quadrinhos completinho, pra arrancar suor dos olhos de qualquer fã. Valeu, Netflix!

Minha voz continua a mesma, mas os meus cabelos... quanta diferença!!

Minha voz continua a mesma, mas os meus cabelos… quanta diferença!!

4 – David Griffith – Essa ninguém percebeu, a não ser que tenha lido os créditos. O rapaz que vende DVDs do “incidente de Nova York” nas ruas do Harlem e convida Cage para filmar as ações dele e ganhar dinheiro com os vídeos – tornando-se uma espécie de agente do herói – é David Griffith (Jeremiah Craft), que, nos quadrinhos, atua como relações públicas de Cage, recebendo telefonemas e anotando os casos para ele resolver.

O que eu estou fazendo nessa série? Eu devia estar na série do Demolidor!

O que eu estou fazendo nessa série? Eu devia estar na série do Demolidor!

5 – Ben Donovan – Outro personagem que deve ter passado batido é “Big” Ben Donovan (Danny Johnson), o advogado de Boca de Algodão (Mahershala Ali), que também apareceu na segunda temporada da série do Demolidor. Nos quadrinhos, Donovan também é um advogado, que se destaca pela sua estatura avantajada e força proporcional ao tamanho. Em seu primeiro contato com Luke Cage, os dois se desentenderam porque Big Ben estava bêbado e achou que Cage estava se envolvendo com a mulher à qual ele estava interessado. Depois, porém, Ben mostrou que é bom caráter e ajudou o herói em diversas circunstâncias. Ele tem a característica de ser o cara certo se envolvendo com as pessoas erradas e isso também acontece na série.

Estive num SPA e ganhei esse corpinho esbelto.

Estive num SPA e ganhei esse corpinho esbelto.

6 – Black Mariah – Mais uma de personagem: a vereadora Mariah Dillard é uma representação da personagem Black Mariah, líder de uma gangue de criminosos nos quadrinhos de Luke Cage. Ela não possui superpoderes, mas se utiliza de seu tamanho acima do normal e sua força idem para tocar o terror nas ruas do Harlem. Embora a diferença física indique que não haja nenhuma relação entre as personagens, há uma cena em que a vereadora discute com Boca de Algodão e o gangster a ofende, chamando de Black Mariah, deixando claro essa ligação.

“Viu um crime? Denuncie!” Stan Lee ensinando cidadania.

7 – Stan Lee – Como já é tradição, Stan Lee faz sua participação especial na série, de forma bem velada. Quando Luke está fugindo da polícia e vê alguns criminosos se preparando para roubar um bar, na parede do estabelecimento há um pôster com a foto do criador da Marvel, vestido de policial. Vale lembrar que na série do Demolidor, titio Stan também apareceu numa foto na delegacia de polícia, o que significa que tem um “papel fixo” como policial no universo Marvel da Netflix.

Alguém aí tem um braço mecânico sobrando pra me emprestar?

Alguém aí tem um braço mecânico sobrando pra me emprestar?

8 – O braço de Misty – Nos últimos episódios, Misty (Simone Missick) leva um tiro que atravessa seu braço direito e perfura uma artéria. Claire (Rosario Dawson) a examina e diz que, se algo não for feito rapidamente, ela corre o risco de perder o membro. Como todo fã sabe, nos quadrinhos, Misty Knight teve seu braço direito destruído por uma explosão e substituído por uma prótese biônica. Na série, porém, ela aparentemente se recupera do atentado e tudo indica que isso foi só uma homenagem mesmo. No entanto, olhos mais atentos notaram que, de um episódio para outro, a tala que ela tinha no braço desapareceu. Será um erro de continuidade (o mais provável, admito!) ou um indicativo de que ela sofreu alguma cirurgia secreta e ganhou seu membro mecânico a ser revelado futuramente?

A minha voz continua a mesma, mas... ei, já usaram essa piada neste post!

A minha voz continua a mesma, mas… ei, já usaram essa piada neste post!

9 – Filha do Dragão – O último episódio reservou uma surpresa muito boa, com a revelação do novo visual de Misty Knight, que remete ao título Filhas do Dragão (2006) onde a detetive resolve casos com sua colega Colleen Wing (falaremos sobre ela no próximo tópico). A policial (ou ex?) adentrou a boate Harlem’s Paradise com cabelo black power e vestido vermelho, idêntica à sua versão nas HQs.

Gancho para a série do Punho de Ferro

Gancho para a série do Punho de Ferro

10 – Colleen Wing – Também no último episódio, Claire Temple pega ticket do anúncio da escola de artes marciais de Colleen Wing. Colleen é uma exímia lutadora que tem, juntamente com Misty Knight, uma agência de investigações em Nova York. Além disso, a jovem também é uma das melhores amigas de Daniel Rand, o herói conhecido como Punho de Ferro – que será a nova série da Netflix, a estrear em 17 de março de 2017. Esta cena já deixa um gancho para a próxima série e estabelece a conexão de Claire, que provavelmente vai à escola para aprender defesa pessoal (se envolvendo com tantos super-heróis, nada mais apropriado…).

Existem muitos outros easter eggs nos episódios, com citações de personagens como Demolidor, Jessica Jones, Justiceiro, Homem de Ferro, Capitão América, Vingadores… mas são muito óbvios, principalmente para quem vem acompanhando esse universo cinemático e televisivo da Marvel. Nosso post procurou destacar as referências mais sutis ou aquelas mais ligadas aos quadrinhos. E aí? Detectou mais alguma referência bacana que nos passou despercebida? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s