Saído do Forno: Mônica – Força

blog abreAproveitando a realização da 24ª. edição da Bienal do Livro em São Paulo, a Mauricio de Sousa Produções lançou o 12ª. álbum do selo Graphic MSP, com a primeira história solo da principal personagem do estúdio. Em Mônica – Força, a carioca Bianca Pinheiro coloca a baixinha dentuça numa situação em que sua força bruta não tem nenhuma serventia e que será necessário encontrar um outro tipo de força: a interior.

Mônica chora por causa de um problema que são sabe como resolver

Mônica chora por causa de um problema que são sabe como resolver

Com grande sensibilidade, a autora escreve e desenha o álbum e retrata Mônica impotente diante de determinada situação – não vamos revelar qual é para deixar o leitor descobrir por si mesmo, mas é algo bastante comum no cotidiano de muitas crianças de nossos dias, porém, incompatível com as histórias das revistas de linha, conforme o próprio editorial de Mauricio de Sousa na edição.

O álbum é da Mônica, mas a turma também aparece (e apanha).

O álbum é da Mônica, mas a turma também aparece (e apanha).

Segundo ele, o editor Sidney Gusman – responsável pelo projeto Graphic MSP – é quem teve a ideia do roteiro, mas precisou da autorização de Mauricio para aprová-lo, por se tratar de uma temática incomum aos quadrinhos tradicionais. Mauricio gostou da ideia, mas só aceitou para o “universo alternativo” do selo para adultos, que se permitem ousar mais com os personagens. Nos quadrinhos normais, a preocupação em passar uma mensagem positiva e politicamente correta, não combinaria com esse tipo de roteiro.

Mônica perde até a vontade de bater nos meninos.

Mônica perde até a vontade de bater nos meninos.

O fato é que Bianca Pinheiro foi a pessoa ideal para dar vida ao projeto. Fã confessa da personagem, Bianca tratou o assunto pesado com delicadeza e realismo, colocando a Mônica – normalmente, aquela que tem a resposta para tudo e capaz de se safar das mais variadas encrencas – numa situação em que ela não sabe o que fazer. Crianças e adultos poderão se encontrar dentro da história que, muito mais do que uma HQ da Mônica, é um retrato do cotidiano.

Imagens contam a história mais do que o texto.

Imagens contam a história mais do que o texto.

Uma característica do álbum é que ele quase não possui texto, deixando para o traço singelo da autora narrar a história, evocando, ora ternura, ora seriedade, ora angústia. Contar uma história por meio de imagens não é para qualquer um, mas Bianca faz isso com maestria e reverência. E, claro, as citações a HQs anteriores – inclusive às outras edições da Graphic MSP – não poderiam faltar, enriquecendo a narrativa.

Referências ocultas não poderiam faltar.

Referências ocultas não poderiam faltar.

Além de tudo isso, o álbum também inova ao apresentar uma “cena pós-crédito” na terceira capa. Em edições anteriores, os autores já haviam usado esse recurso de “pós-crédito”, dando ares cinematográficos à obra: Em Penadinho – Vida, há uma página de arte depois do quadrinho escrito “fim” e em Mônica – Lições, a história “invade” os extras da edição. Neste volume, a terceira capa é usada para concluir a história de forma bem-humorada e criativa.

Nem a Mônica aguenta o Luthor de BvS.

Nem a Mônica aguenta o Luthor de BvS.

Por tudo isso, Mônica – Força é mais um acerto da série Graphic MSP e também na carreira de Bianca Pinheiro, cujo trabalho em Bear, webcomic lançada em 2013 e que já virou dois livros pela Editora Nemo, lhe rendeu o prêmio HQ Mix 2015 na categoria Novo Talento – Roteirista. Um reconhecimento mais do que merecido e que mostra a força dos quadrinhos nacionais – e  sem a necessidade de distribuir coelhadas!

Uma selfie em família.

Uma selfie em família.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s