Crítica: Zootopia

blog abreA mais recente produção da Disney chega aos cinemas esta semana. O filme Zootopia – Essa Cidade é o Bicho apresenta um universo repleto de animais falantes, protagonizado pela coelha Judy (voz de Mônica Iozzi na versão nacional e Ginnifer Goodwin no original) e pelo “raposo” Nick Wilde (dublado por Rodrigo Lombardi no Brasil e Jason Bateman nos Estados Unidos). Trata-se do 55º. longa animado dos estúdios Disney, dirigido por Brian Howard (Bolt, o Supercão, 2008) e Rich Moore (Detona Ralph, 2012).

Judy foi para Zootopia para realizar o sonho de ser policial

Judy foi para Zootopia para realizar o sonho de ser policial

Apesar da diversidade de raças, os animais convivem pacificamente e o conceito de predador e presa é apenas uma memória distante narrada nas aulas de história. É exatamente este o fio condutor da história. A coelha Judy possui um forte senso de justiça e, desde criança, sempre acalentou o sonho de ser policial, mas por conta de sua baixa estatura era motivo de chacota entre seus colegas. No entanto, a determinação a faz migrar para a capital assim que se tornou adulta e ingressar na corporação, passando com louvor no teste de admissão.

Judy é obrigada a fazer uma parceria com o malandro Nick

Judy é obrigada a fazer uma parceria com o malandro Nick

No entanto, a recruta é designada para cuidar do trânsito, um trabalho dado apenas a oficiais menos capacitados. Decidida a dar o seu melhor, Judy conhece o raposo Nick, um malandro trapaceiro que se aproveita da ingenuidade alheia para progredir na vida. Judy tenta enquadrar Nick, mas a esperta raposa consegue se desvencilhar e ainda humilha a policial. No entanto, uma onda de misteriosos ataques de selvageria começa a assolar os cidadãos de Zootopia e os predadores passam a ser hostilizados. Judy decide investigar por conta própria, mas para isso, vai precisar da esperteza de Nick para ajudá-la e os dois formam uma parceria forçada.

Preguiça em repartição pública. Qualquer semelhança...

Preguiça em repartição pública. Qualquer semelhança…

Dessa parceria é que surgem as engraçadas situações do filme, como a consulta na repartição pública cujos funcionários são bichos-preguiça. Enquanto corre contra o tempo para descobrir o motivo do surto de selvageria, Judy também enfrenta o preconceito do Chefe Bogo, um búfalo mau humorado que é seu superior na delegacia. Mas, como conquistou a simpatia da vice-prefeita, a ovelha Bellwether, algumas portas se abrem com mais facilidade.

Vice-prefeita Bellwheter: dócil como uma ovelha.

Vice-prefeita Bellwheter: dócil como uma ovelha.

Além das situações hilárias que Judy e Nick se envolvem, o roteiro ainda trata com autenticidade as questões legislativas, com citações das infrações cometidas por Nick e suas implicações legais, bem como as brechas que permitem burlar as leis. Fora isso, a caracterização dos personagens é tão rigorosamente fiel que até o tamanho proporcional de cada bicho é respeitado. E as referências a produções como O Poderoso Chefão, Robin Hood, Breaking Bad e outros também são uma diversão à parte.

Shakira dá vida á cantora pop Gazelle.

Shakira dá vida á cantora pop Gazelle.

O filme conta também com a participação da cantora Shakira cantando a música tema do filme Try Everything e interpretando a cantora pop Gazelle, que é… bem… uma gazela. A variedade de animais e personalidades destes certamente vão fazer a alegria da criançada, mas os pais vão curtir mesmo é a seriedade da mensagem contra o preconceito existente no filme. Afinal, Judy sofria bullying na infância, foi desacreditada entre os seus amigos e familiares por conta de seu tamanho e, mesmo assim, superou esses problemas.

Policial Garramansa vai arrancar boas risadas.

Policial Garramansa vai arrancar boas risadas.

Ao mesmo tempo, a questão da diversidade também está presente, pois cada animal tem seu tamanho e sua personalidade e todos convivem em harmonia, sem a necessidade de um precisar “comer” o outro, como rege a lei natural. É possível superar as diferenças e respeitar as características dos outros, que, na maioria das vezes, complementam aquelas que nos faltam. Zootopia é leve, divertido, inteligente. Um daqueles filmes que dá prazer assistir e nos faz sair do cinema com um sorriso no rosto. A Disney conseguiu criar mais uma obra-prima. E sem ter uma princesa no papel principal.

Cotação: blog cotaçãozootopia

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s