Crítica: Os Muppets (a série)

blog abreQuem teve sua infância nos anos 70, sabe da importância dos Muppets para a televisão americana. A recente volta dos bonecos aos cinemas em duas produções – leia crítica de Os Muppets (2011) aqui e de Os Muppets: Procurados e Amados (2014) aqui – reacendeu o interesse nos personagens criados por criados por Jim Henson em 1955, de modo que eles ganharam uma nova série de TV, que estreou em 22 de setembro e vai ao ar todas as terças-feiras pela rede de TV ABC (no Brasil, a estreia está prevista para dia 20 de outubro, pelo canal pago Sony).

O Muppet Show marcou a TV americana e foi um grande sucesso

O Muppet Show marcou a TV americana e foi um grande sucesso

Diferente do Muppet Show, exibido nos anos 1970, cuja premissa era um show de teatro intercalado com sketches que mostravam os bastidores da produção, sempre com a presença de um artista convidado, a nova série funciona como um documentário semanal que mostra a vida particular dos Muppets, que trabalham no programa de entrevistas Up Late With Miss Piggy, ancorado pela charmosa porquinha.

Up Late With Miss Piggy é o talk show no qual a série é focada.

Up Late With Miss Piggy é o talk show no qual a série é focada.

Assim, as cenas não se prendem apenas ao que acontece nos bastidores, mas mostra também o que ocorre fora deles, como o encontro de Fozzie com sua namorada virtual na casa dos pais dela, ou a cena de quando Caco rompeu o romance com Piggy, na porta de um cinema. Outra diferença é a participação especial de vários astros americanos, não apenas um, como no programa antigo. O programa de estreia, por exemplo, contou com a atriz Elizabeth Banks (da franquia Jogos Vorazes), Tom Bergeron (apresentador do reality show Dancing With the Stars) e a banda Imagine Dragons (que participa da trilha sonora de Homem de Ferro 3, Transformers: A Era da Extinção e Jogos Vorazes: Em Chamas).

Elizabeth Banks foi convidada do episódio de estreia.

Elizabeth Banks foi convidada do episódio de estreia.

A temática do novo show, mais adulta, deu maior dinâmica aos personagens, pois permite mudanças de cenário e mais interatividade com os convidados. O problema é que o novo formato fez com que os Muppets perdessem aquilo que tinham de divertido – sua capacidade de improvisação na hora de realizar o show, mesmo que esse “improviso” estivesse previsto no roteiro. Tudo era uma grande brincadeira e agora parece muito pasteurizado, com piadas previsíveis e programadas. O estilo documentário quebra a narrativa da história para um depoimento engraçadinho do personagem que, geralmente, não tem graça. O rompimento de Caco e Piggy e a obrigatoriedade de trabalharem juntos, ao invés de dar graça ao roteiro, faz o contrário e torna tudo muito maçante.

Sair do estúdio deixou o programa mais dinâmico, mas mais sem graça.

Sair do estúdio deixou o programa mais dinâmico, mas mais sem graça.

O primeiro episódio gira em torno da recusa de Miss Piggy em entrevistar Elizabeth Banks  e da procura da equipe por outro entrevistado de última hora, intercalado com o encontro de Fozzie com sua namorada virtual e a tentativa de agradar os pais da moça. Muito sem sal. O segundo episódio melhorou consideravelmente, com a participação de Jay Leno e a admiração de Fozzie pelo entrevistador humorista. Ao mesmo tempo, a equipe tem que lidar com o mau humor de Piggy até que Caco decide arrumar um novo namorado para ela, com consequências que refletem na audiência do programa.

Pepe, a barata. Muito destaque e pouco carisma.

Pepe, a barata. Muito destaque e pouco carisma.

É incontestável o fato de que os Muppets nunca perderam o seu charme, apesar dos avanços da tecnologia. O que parecia muito arcaico – um show de marionetes – ainda consegue ser atraente e divertido. O ritmo do programa é que ainda não achou o seu caminho e precisa melhorar. Uma boa alternativa seria investir mais em personagens realmente carismáticos – como Scooter, o Chefe Sueco ou Dr. Bunsen e seu auxiliar Beaker e o hilário Animal – ao invés do excessivo destaque dado à barata Pepe e o urso Bobo, ambos sem qualquer carisma. O público merece essa volta dos Muppets à TV em grande estilo. E até Statler e Waldorf, os dois velhinhos do balcão (agora na plateia), aplaudem este retorno.

Statler e Waldorf continuam resmungando, agora na plateia.

Statler e Waldorf continuam resmungando, agora na plateia.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s