Em primeira mão: X-Men – Edição Vampira

blog abreChegou esta semana às lojas o blu-ray com a versão estendida de X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014). Chamado de Edição Vampira (The Rogue Cut), o blu-ray traz cenas extras que incluem a mutante interpretada pela atriz Anna Paquim, que teve suas cenas deletadas na versão final do filme, exibida nos cinemas.

Frustração: Vampira foi capa da Empire e não apareceu nos cinemas

Frustração: Vampira foi capa da Empire e não apareceu nos cinemas

Marcado por reunir as duas gerações de X-Men – a da primeira trilogia (X-Men – O Filme, 2000; X-Men 2, 2003 e X-Men – O Confronto Final, 2006) e o da nova franquia, que teve início com X-Men – Primeira Classe (2011) – nunca ficou muito claro o motivo pelo qual a personagem de Vampira foi “limada” na nova produção, afinal, a heroína é uma das preferidas dos fãs e sempre teve um papel importante nas tramas anteriores.

Vampira participa mais efetivamente da trama

Vampira participa mais efetivamente da trama

A Edição Vampira não apenas traz a versão completa do filme, com a participação de Vampira – totalizando 20 minutos a mais de história – como também traz nos extras uma entrevista com o diretor Bryan Singer explicando os motivos que o levaram a excluir as cenas com Vampira e filmar novamente algumas tomadas. Uma curiosidade: durante a versão do cinema, há um momento em que Vampira aparece e os produtores só perceberam depois do filme pronto. Então, decidiram deixar como estava para ver se alguém notava esta “aparição fantasma”, mas ninguém percebeu. “Agora todo mundo vai notar”, brinca a produtora Lauren Shuler Donner, na entrevista.

Vampira é resgatada do esquecimento e inserida na trama do filme

Vampira é resgatada do esquecimento e inserida na trama do filme

O blu-ray traz dois discos e tem um preço bem camarada por ser duplo (em média, R$ 49,90). O primeiro disco tem as duas versões do filme: a edição Vampira e a versão do cinema. Traz também comentários do diretor nas duas versões. Sem revelar spoilers, os vinte minutos extras mostram uma participação mais ativa do Professor X e de Magneto (para quem lembra, na versão oficial, eles apenas ficavam na retaguarda da sala onde Kitty Pryde controlava a mente de Wolverine), o resgate de Vampira para uma função importante dentro da história, uma cena de Mística com o Fera na Mansão X, uma outra rápida participação da irmã de Pietro e uma explicação mais plausível de como os Sentinelas chegaram até o monastério onde os X-Men estavam escondidos.

Não é feitiçaria! Ela também tem uma cena nova.

Não é feitiçaria! Ela também tem uma cena nova.

O segundo disco é só de extras: Em Mutantes X Máquinas são revelados segredos da produção como a escolha do roteiro, a trilha sonora, efeitos especiais, etc. É nesse bloco que Bryan Singer explica o corte de Vampira. X-Men Sem Segredos é um divertido bate-papo entre o diretor e o elenco. Trata-se do melhor de todos os extras, onde vemos o clima descontraído entre os atores e a amizade que se criou nos sets. Impossível não rir quando Halle Berry diz que ama a Tempestade, mas usar uma peruca a cada filme foi a pior parte do papel. “Os fãs sempre comentam”, brinca ela. Também é possível notar o carinho de todos por Hugh Jackman, que chegou atrasado na gravação. Não é à toa que ele é o personagem mais querido dos fãs. Completam os extras uma galeria de storyboards, imagens conceituais e de figurino, além de uma olhada na mais recente produção da Fox, Quarteto Fantástico, que estreia em 6 de agosto.

"Aperte o cinto que nós vamos decolar nos extras"

“Aperte o cinto que nós vamos decolar nos extras”

Uma pena que o som do filme fique comprometido pela opção DTS 7.1, mais apropriada para quem possui sistema home theater. Em televisões normais, o som oscila, chegando a aumentar e abaixar sozinho durante a execução do filme. Talvez o problema tenha sido comigo, que não soube adaptar a TV ao sistema surround, já que o DTS 7.1 dá uma qualidade de cinema ao som, mas, de qualquer maneira, fica a dica para ajustar sua TV para um melhor proveito do filme, já que ele não possui a opção 5.1 no áudio original.

"Será que esse fone de ouvido esquisitão ajuda a melhorar o som?"

“Será que esse fone de ouvido esquisitão ajuda a melhorar o som?”

X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido – Edição Vampira é uma versão bacana, voltada para os fãs, que sentiram falta da personagem na história. Efetivamente, as cenas não fizeram falta na versão do cinema (até por isso foram cortadas), mas sua inclusão deixa a trama bem mais completa e compreensível. Ainda bem que temos o blu-ray para os diretores poderem disponibilizar as versões completas de seus filmes que, seja por falta de orçamento, restrições de tempo ou outro motivo comercial, não puderam chegar aos cinemas como deveriam.

Cotação: Filme: expectativa hformiga
Extras: expectativa 007

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s