Crítica: Pizza Man

blog abreSabe quando você está navegando pela internet e encontra um filme inédito e, depois de assisti-lo, vai procurar mais informações sobre ele e descobre que ele foi feito há anos e você nunca tinha ouvido falar dele? Pois é… foi isso o que aconteceu quando descobri o filme Pizza Man (idem, 2011), comédia feita há três anos com Frankie Muniz (O Agente Teen) como protagonista. E não, você não viu errado no cartaz: o filme tem mesmo as participações especiais de Stan “O Homem” Lee e Adam “Batman” West – um forte motivo pelo qual tratei de baixar essa raridade o quanto antes.

Aposto que isso não acontece com o Ronald.

Aposto que isso não acontece com o Ronald.

Na trama, Matt Burns (Muniz) é um adolescente órfão de pai que trabalha na pizzaria Pizza Man e, para agradar sua mãe (Shelley Long) e honrar a função que seu pai fazia antes de morrer, se submete ao humilhante serviço de fazer propaganda do restaurante vestido de super-herói. A situação se torna mais constrangedora quando ele encontra seus colegas de colégio, incluindo sua paixão secreta Susan (Amber Borycki) e o bully valentão Todd (Ashley Parker Angel).

Nossa pesquisa vai revolucionar o universo hortifruti!

Nossa pesquisa vai revolucionar o universo hortifruti!

Enquanto o rapaz passa vergonha com seus amigos, os professores Tucker (Michael Gross) e Marsley (Terry Rhoads) pesquisam uma forma de criar tomates capazes de regenerar a si mesmos, num trabalho encomendado pela inescrupulosa Corporação E.D.G.E., uma empresa que deseja (adivinhem!) controlar o mundo. Acidentalmente, os cientistas conseguem desenvolver o tomate auto-regenerativo, mas quando descobrem que a E.D.G.E. não pretende usar a descoberta para a cura de doenças, o idealista Professor Tucker se nega a entregar sua pesquisa.

Big Cheese: o nome é tão ridículo quanto a maquiagem.

Big Cheese: o nome é tão ridículo quanto a maquiagem.

Quando vai entregar uma pizza na escola, Matt come o único exemplar do tomate geneticamente modificado e adquire super-força e invulnerabilidade, tornando-se o novo alvo da E.D.G.E. e da equipe liderada pelo cruel Kryder (Dallas Page). Logo no primeiro confronto, Kryder sofre um acidente e tem parte do rosto deformado, passando a adotar o nome de Big Cheese. Ele fará o possível para derrotar Pizza Man e tomar para si os poderes do tomate.

Trocar de roupa no elevador pode não ser uma boa ideia.

Trocar de roupa no elevador pode não ser uma boa ideia.

A sátira aos filmes de super-herói é tão ridícula e cheia de clichês que, por isso mesmo, é engraçada. O adolescente nerd que apaixonado pela garota mais bonita da escola ms não é correspondido, as perseguições do fortão idiota, a questão da responsabilidade no uso dos superpoderes, as coincidências de estar no lugar errado na hora certa, a fraqueza absurda, mas cientificamente explicável… Não é por acaso que a mãe de Matt lembra a Tia May (tia do Homem-Aranha) ou Big Cheese imite o que aconteceu com Duas-Caras (clássico inimigo do Batman). Tudo é feito com o objetivo de zombar do universo super-heroico.

Santo delivery! A pizza chegou na bat-hora!

Santo delivery! A pizza chegou na bat-hora!

O orçamento de US$ 3 milhões dá uma ideia da pobreza na produção: nada de efeitos especiais espetaculares feitos em computador, nem cenas de voo ou raios saindo dos olhos. Pizza Man é apenas um adolescente forte e invulnerável e Big Cheese tem uma maquiagem tão tosca que dá vontade de rir. Até as participações especiais foram colocadas no cartaz como chamariz, já que não passam de aparições relâmpago. Mesmo assim, são os melhores momentos do filme, com referências nerds: Stan Lee solta seus bordões “Excelsior!” e “True Believer” e Adam West faz piadas sobre cavernas e palhaços. Também há referência à série Heroes, com a participação do ator Noah Gray-Cabey, intérprete do garoto Micah Sanders.

Pizza Man: o super-herói que chegou para salvar você da fome (até o slogan é ruim!)

Pizza Man: o super-herói que chegou para salvar você da fome (até o slogan é ruim!)

Pizza Man não é um filme para ser levado a sério. Tendo isso em mente, dá pra se divertir bastante, principalmente neste período de Horário Eleitoral Gratuito. Piada por piada, que seja uma boa.

Cotação: blog cotaçãopizza

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s