Turma da Mônica fala sobre álcool

blog abreEm mais uma excelente iniciativa em parceria com a Ambev, a Mauricio de Sousa Produções lançou ontem (22 de outubro) um programa que ajuda os pais e educadores a dialogar com crianças sobre o consumo de bebidas alcoólicas. O projeto Papo em Família inclui revistas em quadrinhos, websérie, tiras e uma cartilha que serão distribuídas gratuitamente em ONGs e podem ser baixados no site da empresa. A previsão é atingir 5 milhões de pessoas com esse material.

Muitas vezes, os próprios pais incentivam o consumo de álcool

Muitas vezes, os próprios pais incentivam o consumo de álcool

Preocupado coma educação das várias faixas etárias, as revistas terão histórias com a Turma da Mônica (com linguagem voltada para crianças), Turma da Mônica Jovem (mensagem para os pré-adolescentes a partir dos 10 anos) e Turma da Tina (direcionada ao público mais crescido) em situações cotidianas que visam motivar o diálogo. De acordo com estudo realizado pelo instituto americano International Center for Alcohol Policies (ICAP), 46% dos jovens consumiram bebida alcoólica pela primeira vez no âmbito familiar, dentro de casa, muitas vezes até mesmo incentivado pelos pais. Um terço desses pais não conversam com os filhos sobre o assunto porque não sabem como iniciar o tema.

vídeo orienta o consumo responsável

vídeo orienta o consumo responsável

Pensando nisso, um dos vídeos mostra o Cebolinha tentando pegar um copo de bebida escondido. Surpreendido pelo pai, ele afirma que queria saber que gosto tem (veja no final desse post). É a partir daí que se partem as explicações que esse tipo de bebida é para adultos, não pode ser associada à direção e, principalmente, deve-se evitar o excesso. Para o criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa, a participação nesse projeto não poderia ser recusada. “Sempre que somos chamados para uma parceria onde se procura estimular a conversa em família, não podemos deixar de atender. Achamos que é dentro da família, em conversa entre pais e filhos, que se educa melhor para a vida”, declarou.

página da cartilha que pode ser baixada gratuitamente no site da Ambev

página da cartilha que pode ser baixada gratuitamente no site da Ambev

O conteúdo foi desenvolvido com base em estudos de instituições internacionais especializadas, como a ONG canadense Éduc’alcool, e em pesquisas do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa). O processo, que levou mais de um ano, contou com a participação da psicóloga e educadora Rosely Sayão; o psiquiatra e coordenador do Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas da USP, Dr. Arthur Guerra de Andrade; o professor da Unifesp e fundador da Associação Brasileira de Estudos sobre Álcool e Outras Drogas, Dartiu Xavier da Silveira; o cientista social e professor da Faculdade de Saúde Pública da USP, Edemilson Antunes de Campos; e a médica especialista em prevenção e saúde coletiva Bettina Grajcer.

Não adianta fingir que não existe. O melhor é esclarecer.

Não adianta fingir que não existe. O melhor é esclarecer.

A verdade é que bebidas alcoólicas nem deveriam existir, assim como o cigarro – reconhecidos como drogas, porém aceitas pela sociedade. Porém, já que existem, não adianta tapar o sol com a peneira: é preciso educar, esclarecer sobre os riscos e consequências e prepara as crianças e jovens para o futuro. Nesse sentido, a Turma da Mônica cumpre um papel social importantíssimo com suas edições especiais educativas. Veja abaixo alguns vídeos da campanha:

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s