Turma da Mônica volta aos palcos com Romeu e Julieta

blog abreDepois de 35 anos de sua montagem original, está de volta aos palcos o primeiro espetáculo teatral da Turma da Mônica: Mônica e Cebolinha no Mundo de Romeu e Julieta. A produção estreia no dia 4 de maio, no Teatro Geo, em Pinheiros (SP) e terá temporada até o final de agosto. Mais de 150 pessoas estão envolvidas direta e indiretamente na modernização da peça, que é baseada na clássica história de amor escrita por William Shakesperare em 1597. No palco, 20 artistas representam personagens como Julieta Mônicapuleto, Romeu Montéquio Cebolinha, Frei Cascão e Amagali entre outros.

Flávio Teixeira, Raquel Rosa, Fause Haten, Mauricio de Sousa, Mauro Sousa, Marcelo Souza e Paulo Corrêa em coletiva realizada no dia 30 de abril.

Flávio Teixeira, Raquel Rosa, Fause Haten, Mauricio de Sousa, Mauro Sousa, Marcelo Souza e Paulo Corrêa em coletiva realizada no dia 30 de abril.

O espetáculo é um musical voltado não apenas para crianças, mas para toda a família, como faz questão de frisar o “pai” da Mônica, Mauricio de Sousa.  “É preciso derrubar essa barreira que separa as crianças dos adultos, porque hoje em dia, a criançada está atenta a tudo o que acontece ao redor do mundo. Por isso, o espetáculo foi feito para agradar toda família”, afirmou Mauricio, em coletiva realizada hoje, 30 de abril, pela manhã e que também contou com a presença de seu filho, Mauro de Sousa, diretor da Mauricio de Sousa ao Vivo, empresa responsável pela apresentação de espetáculos e eventos da Turma da Mônica por todo Brasil.

Os criadores e todo elenco reunido

Os criadores e todo elenco reunido

Para Mauro, a remontagem teve um valor sentimental muito grande, porque o show já tinha sido apresentada em 1978, no Teatro Tuca (SP) e alcançou um público de mais de 140 mil espectadores. Embora nem tivesse nascido na época (Mauro nasceu em 1986), o rapaz sempre ouviu falar desse espetáculo em casa e conhecia até as músicas, composta pelo seu tio Marcio Araújo (falecido em 2011). Com a criação da Mauricio de Sousa ao Vivo, surgiu a oportunidade de readaptar a peça e o momento é ideal, visto que, em 2013, a Mônica comemora seu cinquentenário.

A história é romântica, mas não vão faltar "coelhadas medievais"

A história é romântica, mas não vão faltar “coelhadas medievais”

Na nova versão, foram mantidas as 13 músicas compostas por Yara Maura e Marcio Araújo que “viajam” por todos os ritmos brasileiros como forró, samba e xote. “Em verona, não tinham isso!”, brinca Mauricio. Embora sejam as mesmas canções, todas foram regravadas e remasterizadas sob a coordenação de Marcelo Souza, filho de Marcio Araújo. O roteiro foi atualizado por Flávio Teixeira, que também é roteirista dos quadrinhos da Mônica, com inclusão de novas piadas, mais condizentes com da nossa realidade.

Marcio de Sousa e Fause Haten (Foto: Valentino Mello)

Marcio de Sousa e Fause Haten (Foto: Valentino Mello)

Os figurinos ficaram por conta de Fause Haten, que procurou adaptar as roupas, considerando o universo dos personagens. “Além de ter todo o clima shakespeariano, não podemos esquecer que a Turma da Mônica são crianças de sete anos, então isso foi levado em consideração. Além disso, a cabeça dos personagens também é grande e precisou de um desenho que ficasse proporcional” afirma o figurinista.

Clássico e contemporâneo se misturam para criar um clima lúdico (Foto: Valentino Mello)

Clássico e contemporâneo se misturam para criar um clima lúdico (Foto: Valentino Mello)

O cenário é outro destaque, comandado por Paulo Corrêa, que também é arquiteto e usou seus conhecimentos para trazer o clima de Verona do século 16 mesclado com o cartunesco do Bairro do Limoeiro. São ao todo sete cenários divididos em três níveis, que exploram o lúdico e o dinamismo. No total, o custo do espetáculo beirou os R$ 3 milhões, sendo que este valor foi gasto sem a colaboração de patrocinadores.

"Lomeu", Amagali e Cascão

“Lomeu”, Amagali e Cascão

Mauricio de Sousa afirma que o espetáculo, assim como na primeira versão, terá vários produtos para que o público possa levar para casa e eternizar suas lembranças. CDs com as músicas, bonecos da turma com os figurinos da peça e o relançamento da história em quadrinhos são algumas das ações previstas. “A peça foi produzida ‘a galope’ e nós atropelamos o departamento comercial. Ainda não temos prontos esses produtos, mas eles já estão em produção e sairão em breve”, diz Mauricio.

M de Mônica e C de Cebolinha. Só que ao contrário.

M de Mônica e C de Cebolinha. Só que ao contrário.

Ao ser questionado sobre suas lembranças da antiga versão e cartunista é só elogios. “A peça ficou um ano e meio em cartaz e só trouxe boas lembranças. Mostrou as possibilidades do teatro para a Turma da Mônica. Infelizmente, fomos obrigados a abandonar esta vertente nos anos seguintes, mas como se diz nesto ramo teatral, ‘o espetáculo deve continuar’. E nós somos o espetáculo!”, comemora.

Abaixo, você confere um trecho do espetáculo que tem 80 minutos de duração (65 minutos de apresentação e 15 minutos de intervalo) e estará em cartaz aos sábados e domingos, às 11h e 15h. Os ingressos custam R$ 80 (plateia) e R$ 60 (balcão). Mais informações no site oficial do show.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s