Top 10 – Melhores DVDs/Blu-Rays de 2012

blog abreDando continuidade à nossa retrospectiva 2012, hoje vamos relembrar os melhores boxes de blu-ray/DVD que chegaram às lojas neste ano. As distribuidoras capricharam nas embalagens, na apresentação e na nostalgia, tudo para atrair o público colecionador.

invasão japonesa!

invasão japonesa!

10 – A Princesa e o Cavaleiro – quem foi criança nos anos 70, certamente se lembra deste anime, que fez grande sucesso nas tardes da Rede Record. Um clássico do rei dos mangás, Osamu Tezuka, a série conta a história da princesa Safiri, que finge ser príncipe a fim de manter a paz em seu reino. A série completa tem 52 episódios, mas a Focus Filmes decidiu lançar em doses homeopáticas. O primeiro box, com três DVDs contendo 13 episódios, chegou às lojas no finalzinho de julho. O segundo box, com mais 13 desenhos, está à venda desde o começo do mês de dezembro. Os DVDs são vendidos também separadamente. E o melhor de tudo é que trazem a dublagem original. A realização do sonho de todos os fãs.

História sem fim

História sem fim

09 – Caverna do Dragão – Clássico dos anos 80, a série foi lançada recentemente no Brasil pela World Classics em box com todos os 27 episódios em quatro discos, som original e dublagem clássica. A impressão que se tem é que não é um lançamento oficial, mas o box não tem cara de pirata: é muito bem apresentável e os discos também são bem feitos, com ótima qualidade de som e imagem. Aos desavisados, cabe um alerta: a série está completa, mas não tem final. O último episódio, que encerra a história, nunca foi feito.

Caixinha simpática valoriza o produto

Embalagem valoriza o produto

08 – Robô Gigante – Série japonesa que fez grande sucesso nos anos 70, Robô Gigante chegou às lojas em DVD agora em dezembro. Os episódios são um tanto quanto inocentes e é possível perceber todos os defeitos de produção (como fios sustentando os personagens e utilização de brinquedos ao invés de carros e aviões), mas o charme está na apresentação da embalagem. Um box muito bem produzido pela Cult Classic, num formato em que os discos ficam bem acomodados, embalagem de acrílico e capa protetora. Ponto para a distribuidora, que soube fazer um produto com boa apresentação. Infelizmente, a série não tem dublagem em português e nem o áudio japonês, o que pode incomodar os mais puristas. No entanto, é serve para matar a saudade de quem viveu naquela época, onde tudo era mais simples e a fantasia não se preocupava em ser realista por demais.

Aventura tem nome... e tem alta definição também!

Aventura tem nome… e tem alta definição também!

07 – Coleção Indiana Jones – Pela primeira vez em blu-ray, o box traz os quatro filmes da franquia e mais um disco só de extras. A Paramount já tinha lançado um box semelhante em DVD, com os três primeiros filmes e o disco de extras. Porém, o grande atrativo da coleção é mesmo a alta definição destes clássicos (somente a quarta aventura havia sido lançada em blu-ray), com som e imagem remasterizados, que tornam o box um item imperdível para colecionadores. Sem contar a embalagem, com imagens bem bacanas das quatro aventuras.

Não contém biscoitos.

Não contém biscoitos.

06 – Os Vingadores – O grande sucesso de 2012 chegou às prateleiras com versões para todos os bolsos: tem DVD simples, blu-ray simples, blu-ray duplo (DVD + blu-ray), blu-ray 3D (que inclui disco com versão em 2D) e lata de colecionador, com blu-ray duplo (filme + documentário extra + cards dos personagens). Por ser um megasucesso, a Disney poderia ter caprichado um pouco mais nas embalagens, todas muito iguaizinhas, tanto para a versão DVD como para blu-ray. O destaque vai para o especial Construindo um Sonho, com 97 minutos de informações sobre os bastidores do longa que quebrou todos os recordes de bilheteria da história do cinema.

Embalagem bacana e inovadora

Embalagem bacana e inovadora

05 – O Espetacular Homem-Aranha – O filme pode ter deixado a desejar em termos de fidelidade aos quadrinhos e carisma do vilão. Mas ninguém pode reclamar que a versão em home-vídeo tem um apelo irresistível. Afinal, quem não gostaria de ter uma máscara do Homem-Aranha na estante? A edição para colecionador traz a máscara como embalagem, acondicionando dois blu-rays (filme em 3D e 2D e extras). Como nem tudo é perfeito, os discos ficam encaixados um por cima do outro, facilitando a possibilidade de riscos. Para os bolsos menos favorecidos, versões em DVD simples, blu-ray duplo e blu-ray 3D (duplo).

final da saga com box de responsa

final da saga com box de responsa

04 – Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge – A trilogia iniciada em 2005 com Batman Begins e continuada com O Cavaleiro das Trevas (2008) não poderia terminar com algo menos do que excepcional. A edição de colecionador de O Cavaleiro das Trevas Ressurge é de fazer babar até mesmo quem não é fã do herói: uma máscara quebrada, que reproduz um dos cartazes do filme, serve como um “troféu” para esta excelente série de filmes do Batman. A embalagem traz três discos: dois blu-rays e um DVD. O mesmo problema do Homem-Aranha também acontece aqui: os discos ficam mal acondicionados, um por cima do outro, facilitando os riscos. Um erro que, certamente, será corrigido em futuras versões e que não tiram o brilho do produto. Infelizmente, para ter esse mimo, o colecionador deve desembolsar uma boa grana: quase R$ 400. Para quem não está disposto a pagar essa mini-fortuna, versões mais econômicas: DVD simples, DVD duplo e blu-ray duplo. Os extras (cerca de 3 horas de material de bastidores) estão muito bem organizados em menus temáticos e são curtinhos (cerca de 8 a 10 minutos cada programa) fazendo com que o espectador não se canse de assistir longos e maçantes documentários.

Supercoleção

Supercoleção

03 – Coleção Superman – Não há como deixar de fora um box tão caprichado como esse, que traz todos os filmes do Homem de Aço em oito discos, com alta definição, som remasterizado e dublagem em português. Além dos quatro filmes estrelados por Christopher ReeveSuperman – O Filme (1978), Superman II (1980), Superman III (1983) e Superman IV – Em Busca da Paz (1987) – o box traz também o novo longa com Brandon Routh (Superman – O Retorno, 2006), um disco só com a versão estendida de Superman – O Filme e outro com a versão do diretor de Superman II. O oitavo disco é recheado de extras, que incluem os desenhos do herói da década de 40, feitos pelos estúdios Fleischer, o episódio piloto de Super Pup (hilário e bizarro ao mesmo tempo) e até mesmo o longa-metragem Super-Homem e os Homens Toupeira, estrelado por George Reeves, que protagonizou a série de TV do herói. Tem até o Pernalonga e Patolino, em paródias divertidas do Superman. Para ser perfeito, só faltou um disco com o longa Supergirl (1984).

Box Preciooooso

Box Preciooooso

02 – O Senhor dos Anéis – a Trilogia – Para os colecionadores e amantes da saga de Frodo, a Warner lançou uma caixa poderosa: 15 discos (6 blu-rays e 9 DVDs) com toda a trilogia e mais 26 horas de conteúdo extra, sendo 5h de material inédito. As primeiras versões do box chegaram a dar como brinde um anel semelhante ao do filme, mas já estão esgotadas. A embalagem é simpática e dá um aspecto envelhecido. Duro mesmo é arrumar tempo na correria diária para assistir todo o material extra e as versões estendidas (filme com 4h de duração?) de cada filme.

Cinquenta anos comemorados com classe britânica

Cinquenta anos comemorados com classe britânica

01 – Bond 50 – No ano em que o maior agente secreto do mundo faz 50 anos, a MGM não poderia deixar passar a data em branco e, para comemorar, lançou um mega box com 22 filmes da franquia em blu-ray. O pacotão traz 122 horas de extras, com comentários de equipe, cenas de bastidores, making ofs, entrevistas e muito mais. Dois documentários, Para ser Bond e O Mundo de Bond, mostram o universo de 007 e todos os atores que já o encarnaram no cinema. Em formato de livro, cada blu-ray fica acondicionado no ano de produção de cada filme, com imagens exclusivas. Se O Senhor dos Anéis já era difícil de assistir, com o Bond, então, a coisa se torna bem mais difícil. É material para ver durante meses! Tudo isso, claro, tem um preço: Quase R$ 700. Só para quem pode mesmo. Mas não dá pra negar que é um lançamento para fã nenhum botar defeito.

Com este post, encerramos nossa retrospectiva 2012. Agradeço a todos aqueles que estiveram comigo neste ano, prestigiando nossas postagens, votando nas enquetes, compartilhando nas redes sociais, participando das alegrias e dando força nos momentos de dificuldades. Em 2013, queremos que continuem conosco, pois teremos muita coisa boa. Desejo muita paz, saúde, fé, esperança, alegrias (muitas), tristezas (um pouquinho, pra gente não pensar que é imbatível) e, principalmente, muitos filmes, quadrinhos, séries de TV bacanas, revistas, desenhos animados e tudo o mais que a cultura pop possa oferecer de bom! Feliz 2013 a todos e até o ano que vem!

Anúncios

2 comentários

  1. Um dos charmes da serie ROBO GIGANTE `e justamente o uso de maquetes, mencionadas de forma pejorativa(?) como `brinquedos’ na materia .Alias todos os seriados antigos japoneses (e de outros paises) usavam maquetes (e brinquedos ! Por que nao !?), isso sem falar naqueles que utilizaram a tecnica do stop motion: o que vale `e a criatividade . E `e um absurdo um DVD de seriado niponico sem o audio japones.

    • Concordo contigo, Eduardo (opa, um xará!). Não foi nossa intenção usar um tom pejorativo, mas apenas ser factuais. Por maquete, entendo a parte estrutural dos cenários (prédios, ruas, montanhas, etc.). Já os carros e aviões são “de brinquedo” mesmo. Atrevo-me a dizer que, em certas cenas, até são utilizados “bonequinhos” ao invés de seres humanos. hehehehe… 🙂
      Isso foi mencionado no texto porque, visto pelos olhos de hoje, pode parecer um tanto quanto “pobre” (ainda mais com tantos filmes com efeitos especiais pra lá de realistas). Mas você está certo: é exatamente isso que dá o charme a essa série. E, na época em que foi feita, ninguém nem ligava pra esses “defeitos especiais”. O que valia era embarcar na história e deixar a fantasia rolar. Pena que as gerações atuais perderam essa capacidade imaginativa, não é? Um abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s