A Volta da Caverna do Dragão (2)

Falamos ontem do clássico desenho Caverna do Dragão, que está sendo comercializado em DVD, num box com todos os episódios, um sonho antigo dos fãs da série – muito embora a versão à venda não seja oficial. Apesar de ter esse desejo realizado, para a felicidade ser completa, ainda faltava o episódio final da série, que chegou a ser escrito, mas nunca foi filmado.

Até o Vingador curtiu esse lançamento

Este pesadelo, digno das aventuras mais sombrias de Hank, Presto e Companhia no Reino dos Dragões, finalmente chegou ao fim (com o perdão do trocadilho) com o lançamento do livro Caverna do Dragão – O Reino, editado pela Above Publicações e lançado no ano passado. A repercussão, porém, só veio esse ano, após ser exposto na Bienal do Livro de São Paulo.

D4MON3, fã declarado da série, criou uma aventura com começo, meio e fim.

O autor, que assina pelo pseudônimo de D4MON3, era mais um dos inúmeros admiradores da animação, inconformado com o fato do seu desenho predileto não ter um encerramento condizente com a grandiosidade dos roteiros da série. Cansado de ler boatos e especulações e certo de que esse episódio jamais seria produzido, D4MON3 decidiu, ele mesmo, fazer sua história, com começo, meio e fim. Mais do que isto: o autor não se limitou a transcrever episódios, mas criou sua própria roteiro – apesar do texto apresentar algumas claras referências a cenas da animação. O melhor de tudo: com um final plausível e coerente.

Na Bienal do Livro, 2000 exemplares vendidos antes do término da feira.

Além disso, alguns capítulos do livro se preocupam em criar um passado para os personagens e justificar certos comportamentos: por que Sheila é superprotetora do irmão Bobby e por que este é tão impulsivo? De onde vem a insegurança de Presto e a responsabilidade de Hank? E por que Eric é tão ranzinza e arrogante?

Licença poética: Eric saradão e Diana com chicote

O livro usa a licença poética: ao invés de um bastão, a acrobata Diana usa um chicote, que se mostra muito mais útil no desenrolar da história. Os personagens também não deixam de demonstrar interesse pelo sexo oposto, afinal, são adolescentes, com hormônios em ebulição. Eric ganha um tipo físico muito mais atlético que seu homônimo animado e o roteiro contextualiza a aventura nos tempos atuais, com referências à Internet, celulares e videogames.

Uma charada pode definir o final. Ou não.

O tão aguardado final promete surpreender os leitores e, bom que se diga, nada tem a ver com condenações eternas. É um texto inteligente e bem amarrado que ficaria ainda melhor se não tivesse tantas falhas de revisão. Isto, porém, não atrapalha o prazer da leitura. Caverna do Dragão – O Reino pode ser adquirido diretamente pelo site do autor.

Anúncios

5 comentários

  1. Será que é adaptação daquela creepypasta lendária do desfecho no inferno? Pelo visual do mestre dos magos é o que aparenta ser. Eu havia visto a pouco tempo uma adaptação na web do roteiro real que retrataria o desfecho da história se não me engano.

    • Não, Pierrotsama, não é. É uma adaptação livre que nada tem a ver com aquela boataria espalhada pela net como sendo oficial. Um final bem interessante, por sinal. Eu li o livro e curti bastante. Já o Danilo não curtiu, como pode ver no comentário dele. Opinião é opinião. Recomendo a leitura para fazer seu próprio juízo. Depois poste o comentário aqui dizendo o que achou. Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s