Saído do Forno: Graphic MSP – Astronauta: Magnetar

Desde que foi anunciado o selo Graphic MSP, em novembro/2011 (veja postagem sobre o anúncio aqui) criou-se uma expectativa sobre a qualidade do material, visto que os autores confirmados para o projeto eram de primeira linha e já tinham dado uma prévia de seu trabalho nos especiais MSP50, MSP+50 e MSP Novos 50.

Aprovada pelo mestre (Foto: Sidney Gusman)

A espera foi longa, mas valeu a pena. O primeiro número da publicação chega às bancas e livrarias amanhã, 26, mas teve um pré-lançamento durante a Fest Comix (evento de quadrinhos que acontece anualmente em SP), de 19 a 21 de outubro e a recepção ao álbum foi bastante positiva.

O autor, Danilo Beyruth, com sua obra-prima. (Foto: Sidney Gusman)

Astronauta: Magnetar tem roteiro e arte de Danilo Beyruth, 84 páginas e duas versões – capa cartonada (R$ 19,90) e capa dura (R$ 29,90). Ao contrário dos especiais em homenagem a Mauricio de Sousa citados acima, cujo preço é ligeiramente alto para o público ao qual se destina (embora a qualidade das edições valham o investimento), a Graphic MSP é bem mais acessível pelo tipo de publicação.

Uma nova era nos quadrinhos de Mauricio de Sousa

Sobre a história, vale dizer que o público infantil acostumado às aventuras do Astronauta nos gibis da Turma da Mônica, podem ter certa dificuldade de compreensão. É que o selo sai do tradicional e investe numa faixa etária até então inédita, em se tratando de uma publicação de Mauricio de Sousa: os adultos. Com isso, o cartunista prova que, em seus braços, cabem todas as faixas etárias: as revistas da Turma para o público infantil, a Turma da Mônica Jovem para os adolescentes e a Graphic MSP para os adultos, cuja maioria aprendeu a ler com as revistas da Turma. Um círculo virtuoso, sem dúvida.

Roteiro traz referências reais de astrofísica

O roteiro de Beyruth é denso, cheio de referências astronômicas reais, pesquisadas pelo autor com especialistas em astrofísica – o próprio título Magnetar é o nome de um fenômeno espacial, explicado nas primeiras páginas da HQ. Para ajudar a compreensão, um glossário no final da edição explica os termos mais técnicos.

Perigos inimagináveis para o herói do espaço

O texto explora a solidão do personagem e a leva ao extremo: Astronauta sofre um acidente no espaço e passa dias isolado enquanto não consegue consertar sua nave. Nesse meio tempo, começa a refletir sobre sua vida, missão e seu isolamento. O final faz pensar sobre o que é, de fato, importante na vida.

Arte espetacular do premiado Danilo Beyruth

Uma obra genial que tem todos os ingredientes para ser uma obrigatoriedade na estante dos leitores e um marco na história em quadrinhos nacional: primeiramente, a assinatura de Mauricio de Sousa, que, por si só, já é sinônimo de qualidade; em seguida, o roteiro e arte de Danilo Beyruth, autor premiado com os troféus Ângelo Agostini e HQMix, dois dos principais prêmios da área de quadrinhos no Brasil.

O navegador escreveu um posfácio na quarta capa

Além disso, as obras de Beyruth – Necronauta e Bando de Dois – foram selecionadas pelo PNBE (Programa Nacional Biblioteca de Escola) como material altamente recomendável aos alunos. Por fim, o álbum conta com um posfácio escrito por ninguém menos que o navegador Amyr Klink, que entende bastante de isolamento e reflexões filosóficas sobre a existência.

Tr

Próximos volumes da coleção: satisfação garantida!

ês itens que colocam Astronauta: Magnetar na categoria de HQs obrigatórias. E que venham o Chico Bento de Gustavo Duarte, o Piteco de Shiko e a Turma da Mônica de Victor e Lu Cafaggi!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s