O Casamento do Século (e é de verdade!)

Chega hoje às bancas a 50ª. edição da revista Turma da Mônica Jovem e, para comemorar a marca, a equipe de Mauricio de Sousa preparou um grande evento: o casamento da Mônica e do Cebolinha. A edição já havia sido anunciada no início de agosto, durante a Bienal do Livro de São Paulo, por meio de um folder que foi divulgado por nosso blox numa postagem que você pode ler aqui. Na ocasião, foi feito mistério sobre a identidade dos noivos, o que levou muita gente a questionar se seria mesmo a Mônica e Cebolinha a juntarem as escovas de dente.

Teaser distribuído na Bienal do Livro: mistério sobre a identidade dos noivos.

No final de agosto, o mistério foi revelado com um “brinde” da edição TMJ 49: o convite de casamento com o nome dos personagens. Ainda assim, uma dúvida pairava no ar: como é possível uma dupla de adolescentes, no alto de seus 15 anos, trocar alianças no altar? Pois os roteiristas da MSP souberam (aliás, sempre sabem!) conduzir os acontecimentos perfeitamente, de modo que os dois pombinhos se casam sem esquecer nenhum detalhe: desde o pedido de casamento, os preparativos, a cerimônia (ou seria cerimônica?), a lua de mel (o início dela, afinal, a revista ainda é infanto-juvenil!) e a vida de casado, tudo retratado com o humor característico da turminha.

Tudo nos conformes: antes do casório, os leitores receberam o convite.

É evidente que a marca registrada de cada um desses personagens que aprendemos a amar há mais de meio século também são exploradas, como o fato do Cascão sempre estragar as surpresas, a preocupação da Magali com comida, o estrelismo da Denise e a falta deste no Xaveco. A bela arte da edição enriquece ainda mais a trama, com cenas de encher os olhos (tanto as divertidas como as sérias). O vestido da Mônica, por exemplo, tem tudo para ser copiado pelas meninas em seu próprio casamento, pois ninguém diria que foi feito para uma história em quadrinhos.

Enfim, sós! Nada errado com a cena. A Mônica sempre foi mais forte!

Os fãs vão se divertir tentando identificar os personagens, já que todos que já apareceram nas 50 edições da revista marcam presença. É impossível deixar de notar a semelhança do pai da Mônica com o próprio Mauricio de Sousa. É uma edição de leitura gostosa e leve, cujo único defeito é ser rápida demais. Ao término, fica a sensação de que o momento mágico poderia durar um pouco mais. Mas não é assim que funciona também na vida real?

Tudo começou com um beij… hã… uma coelhada.

Dizer mais que isso é estragar as surpresas, portanto, o bom é comprar a revista e sentir-se mais um convidado neste casamento. De brinde, o leitor ainda leva um lindo pôster dos noivos. No ano passado, a edição 34 trouxe o pedido de namoro da dupla e a revista atingiu a surpreendente marca de mais de 500 mil exemplares vendidos. Esta edição, sem sombra de dúvidas, deverá chegar à mesma marca, ou superior. E vem muito mais por aí, pois todos sabemos que o matrimônio não é um fim, mas um novo começo. A revista Turma da Mônica Jovem ainda reserva muitas surpresas para os personagens.

 

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s