Crítica: A Era do Gelo 4

Estreia na próxima sexta, dia 29 de junho, A Era do Gelo 4, que traz de volta o mamute Manny, a preguiça Sid, o tigre dentes-de-sabre Diego e o esquilo Scrat, sempre causando confusões em sua neurótica caçada por nozes. A série, que começou em 2002, foi criada pela Blue Sky Studios e dirigida pelo brasileiro Carlos Saldanha, que também é responsável pela animação Rio. Nesta quarta aventura, porém, o Saldanha atua apenas como produtor executivo e a direção fica a cargo de Steve Martino (Horton e o Mundo dos Quem).

Aventura em alto mar

Um dos grandes problemas de Hollywood é que, atualmente, tudo é criado para ser franquia. Praticamente não existem mais aqueles filmes que simplesmente desejam contar uma história e ponto. Quando existem, se o faturamento corresponder à expectativa, a continuação é praticamente certa. No caso das animações, ainda existe a possibilidade de surgirem curtas-metragens com os personagens mais carismáticos. É assim que funciona a indústria e não há nada de errado com isso. A questão é se a história terá fôlego para uma franquia.

Quem você está chamando de velha?

A Era do Gelo, certamente tem. A cada capítulo, a própria série se reinventa e traz novos personagens que acrescentam muito mais humor às histórias. É o caso da Vovó, que é abandonada aos cuidados de Sid pelos seus próprios familiares, que a consideram um incômodo – qualquer semelhança com fatos reais, não é mera coincidência. Com isso, toda a turma é obrigada a conviver com a velha senil que passa o tempo inteiro procurando Preciosa, sua mascote imaginária, e criando as mais hilárias situações.

A garotinha do papai

Além da Vovó, há também um destaque maior para Amora, a filha de Manny, já crescida e interessada nos “meninos”, no caso, um mamute chamado Ethan. Como toda adolescente, Amora vai despertar o ciúme do pai, que sente estar “perdendo” sua garotinha.  A aventura começa quando Scrat, em sua obsessão por nozes, causa um grande cataclisma que separa os continentes (conforme é mostrado no trailer do filme). Com isso, grandes porções de terra começam a se mover, obrigando Manny e sua família a se mudarem.

Até que o gelo os separe

Porém, um tremor faz com que um pedaço de gelo separe Manny, Sid, Diego e a Vovó dos outros e os lança em alto-mar. Na tentativa de voltar para casa, o grupo encontra os piratas liderados pelo Capitão Entranha, um gorila traiçoeiro e cruel, são capturados e têm que planejar sua fuga para poderem se reunir com suas famílias novamente.

Amigos para sempre. Para sempre?

São os relacionamentos que conduzem a trama de A Era do Gelo 4: além da conturbada relação entre pais e filhos, protagonizada por Manny e Amora, e a questão do incômodo trazido pelos idosos, cujo foco é a Vovó, há também as relações de amizade entre Amora e Louis, um ouriço que não é bem visto pelos novos amigos da garota, isto é, da mamute, em especial por Ethan. Ela terá que fazer uma difícil escolha entre o amor e a amizade.

Como pirata que é, Shira saqueou o coração de Diego.

Diego também descobre o amor – embora ele não admita isso – na figura de Shira, uma tigresa de sua espécie que faz parte da tripulação do Capitão Entranha. A personagem se divide entre permanecer fiel ao pirata, que não tem o mínimo escrúpulo em abandoná-la na hora do perigo, e juntar-se ao grupo de Diego para lutarem juntos pela sobrevivência. A animação é repleta de situações pra lá de absurdas e, por isso mesmo, engraçadas.

Juro que eu queria comer essa preguiça…

Esta capacidade de rir de si própria é que faz a diversão na franquia. Basta lembrar a piada em que Sid relembra o capítulo anterior, quando tiveram contato com dinossauros. “É surreal, mas foi divertido!”, diz o personagem, referindo-se ao fato de que os dinossauros viveram milhares de anos antes da Era Glacial. Por sinal, répteis não sobrevivem em locais de baixa temperatura. O efeito 3D também é muito bem utilizado e é um atrativo a mais para o público, diferentemente de outras produções onde a tridimensionalidade é de pouca serventia no resultado final.

Vovó rouba as cenas

As tiradas divertidas da Vovó também vão arrancar muitas gargalhadas. De longe, ela é a melhor personagem da história, sempre falando o que pensa e, geralmente, fazendo comentários totalmente fora do contexto das situações. No final, Vovó mostra que não é tão senil quanto os outros pensam, mas sim uma pessoa que está bem a par de tudo que acontece ao seu redor. Uma mensagem àqueles que consideram os idosos como um estorvo por conta de suas deficiências naturais.

Apontando para o futuro e para novas continuações.

A Era do Gelo 4 é uma animação altamente recomendada para esse início de férias escolares e se torna ainda melhor com o curta-metragem dos Simpsons exibido antes da projeção. Protagonizado pela pequena Maggie, o desenho é todo sem diálogos, mas passa uma mensagem tão graciosa que o ingresso já valeria só para ver os poucos minutos da bebê Simpson. Pelo que Scrat fez na sequência final do filme, o quinto capítulo da franquia já está garantido. E a saga promete ser tão duradoura como uma era glacial.

Cotação: 

Anúncios

8 comentários

  1. Gostei muito do filme, envolvente do início ao fim!
    Realmente perdeu um pouco da essencia dos filmes anteriores, buscaram inovar algumas cenas com dramas familiares e conflitos diretos, não sei se isso se deve ao fato de não termos o brasileiro Carlos Saldanha como diretor do Filme, apenas como produtor executivo. Mesmo assim o filme está ótimo, com varias cenas de Ação e aventura, que envolvem toda a familia, principalmente a criançada que adoraram a velha preguiça!
    Pecaram em mudar a dublagem da Ellie e dos gambás Crash e Eddie, para quem estava acostumado com as vozes ficou estranho.
    Com certeza este não será o fim do longa, podemos aguardar a continuação desta aventura. Adorei a cena do Diego e da Shira lutando, e no final, quando o Manny luta com o Cap. Entranha.
    Poderiam adicionar o personagem Buck do 3º filme!
    Filme recomendadíssimo para todas as idades, não percam!

  2. Curti um pouco, mas os dois primeiros filmes são bem melhores. O bom dessa sequencia foi a trilha sonora, a produção, a Amora, o Luiz, a avó do Sid e a Preciosa. Só não gostei do excesso de personagens. Sobrou pouco espaço para Crash, Eddie e Scratt. Os três personagens brilharam na segunda sequencia. Ouve muita ação e pouca emoção, mas mesmo assim não deixa de ser um bom filme. Afinal, A Era do Gelo sempre será A Era do Gelo!

  3. Simplesmente ameii esse filme..A era do gelo 4 foi demais,pricipalmente por causa da Vovó e da Shira(nuca vi uma personagem tao charmosa e encantadora mesmo sendo vilã,no inicio do filme)Mal posso esperar por A era do Gelo 5,estou muito anciosa,e adoraria ver o Diego de Namorada nova(Shira),Mal posso esperar para saber qual sera a aventura(Ja que eles agora ja estao morando no litoral,poderia ter algo a ver com vulcões,lava e tudo isso pq o Scratt resolveu enterar a noz perto de um vulcão oq o levou a entrar em erupçao)Poderia mostrar algumas brigas do Diego e da Shira( ja que sao 2 teimosos e mandões) gostaria de saber a historiade como a shira acabou nas garras do capitao entranhas e por consequencia disso ela criou trauma de mar e barcos(tendo pesadelos com isso) e De algum jeito a Shira fica presa em vulcão prestes a exploir e a turma tem que salvala mais pra isso ela tem que enfrentar seus medos como em a era do gelo 2 (com diego) Ou nao ,De qualquer sei que a era do gelo 5 será INCRIVEL..Aguardo anciosa,,
    P.S Tenho 14 anos…Sei a opniao dos adolescentes ><

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s