Crítica: Alvin e os Esquilos 3

É tempo de férias e não são só as crianças que dão um tempo nos estudos para viajar. É férias também para Alvin, Simon e Theodore, que voltam para sua terceira aventura nos cinemas, desta vez num cruzeiro marítimo. Ao menos, esta era a ideia de Dave (Jason Lee), mas é claro que Alvin vai jogar areia nesses planos e aprontar das suas.

É hora de embarcar e... ei, que símbolo é esse na lateral do navio?

Alvin e os Esquilos 3, produção da 20th Century Fox que chega aos cinemas na próxima sexta-feira (6/1), traz de volta os fofíssimos esquilos aprontando todas em alto mar. Mais encapetado do que nunca, Alvin planeja aproveitar ao máximo as suas férias e se divertir à sua maneira, ou seja, sem regras, levando Dave (e metade do navio) à loucura.

Esquiletes: charme em alto estilo.

As Esquiletes – Brittany, Jeanette e Eleanor – também estão presentes, charmosíssimas e atrevidas, a ponto de disputar com três dançarinas do navio quem é o melhor trio, arrasando ao som de Lady Gaga. Divas!

Alguém vai ficar de castigo

Alvin, por sua vez, apronta no cassino do navio e nem os conselhos do experiente Simon o colocam na linha. A situação sai do controle quando o sexteto de esquilos resolve empinar uma pipa e o vento forte leva todos para uma ilha deserta, perdida no meio do oceano. Sobra para Dave abandonar o navio e partir para o resgate, nem que para isso, tenha que fazer uma trégua com seu eterno inimigo Ian (David Cross) – que trabalha no navio numa função bem digna do seu, digamos, talento.

U-La-Lá! Très Chic!

A situação é tão extrema que até mesmo o comportado Simon revela seu lado radical e se torna Simón, com sotaque francês e tudo. Culpa de uma aranha… O filme tem boas piadas e referências que vão de Robinson Crusoé, Lost, Senhor dos Anéis e Survivor – reality show que, para os brasileiros, ficou conhecido como No Limite. Tudo isso, claro, regado a muita música interpretada pelos esquilos e esquiletes. Uma excelente maneira de começar as férias da criançada.

Cotação: 

Alvin foi criado na década de 50 e ganhou várias mídias.

Alvin e os Esquilos é uma criação do músico Ross Bagdasarian que, no final dos anos 50, lutava para sustentar a família e comprou um gravador de última geração. Com o equipamento, gravou uma música (Witch Doctor) em velocidade reduzida e depois a reproduziu na velocidade normal, criando aquilo que seria, mais tarde, a voz dos esquilos.

Vendeu a canção para a gravadora Liberty Records e se tornou um sucesso instantâneo. A gravadora pediu outra canção e nasceu The Chipmunk Song (Christmas Don’t Be Late), embora com outro nome, porque os “intérpretes” ainda não tinham sido criados efetivamente. Passeando pelo parque, um esquilo passou na frente do seu carro e, num toque de audácia, “enfrentou” o veículo e o motorista. Foi quando Bagdasarian teve a ideia de transformar aquele som num grupo musical formado por esquilos.

Novo visual nos anos 80

O trio apareceu pela primeira vez na TV como fantoches, dentro do programa Ed Sullivan Show e foi um sucesso imediato. O povo queria mais e mais músicas. Virou desenho animado (The Alvin Show) em 1961, criado pela UPA, a mesma empresa que produzia o desenho do Mr. Magoo.

HQ dos esquilos, publicada pela Dell

No ano seguinte, foi para os quadrinhos, publicado pela editora Dell de forma irregular até 1973. Foram publicados 28 edições e mais dois especiais. Em 1983, o desenho recebeu um banho de loja e reestreou como Alvin and The Chipmunks, produzido pela Ruby-Spears Productions (Thundarr, o Bárbaro, Heathcliff e Marmaduke e Goldie Gold). Foi nesta série que ganharam a companhia das Esquiletes.

Em 2007, Alvin e os Esquilos chega aos cinemas, com o trio criado por computação gráfica e interagindo com atores reais. Dois anos depois, foi a vez das Esquiletes fazerem seu debut em tela grande, no longa Alvin e os Esquilos 2. (A convite da Fox Film do Brasil, o X da Questão participou da cabine de imprensa do filme Alvin e os Esquilos 3.)

Anúncios

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s