DVDs da Warner trazem informações enganosas na embalagem

 

A Warner Bros. é, sem sombra de dúvidas, uma das maiores produtoras de cinema do mundo, o que lhe garante um acervo com os melhores títulos e os mais badalados blockbusters do cinema. No mercado de DVD, no entanto, a distribuidora deixa muito a desejar e, não raras vezes, deixa os colecionadores irritados com o descaso e a falta de cuidado na confecção dos produtos. O mias recente deslize da distribuidora diz respeito às informações na embalagem de dois DVDs: a animação Batman – Ano Um e o box da série V.

Reprodução do verso da embalagem. Crédito: http://bjc.uol.com.br

Em Batman – Ano Um, o problema está no conteúdo do disco, que não traz todos os extras que são anunciados no verso da embalagem. A promessa é de ter: – Prévia de Liga da Justiça: Doom, Grandes Astros Superman e Lanterna Vede (sic): Cavaleiros Esmeralda; TrailersCoração de Vengeance (sic): Trazendo Batman de volta às suas origens; As Mais de Bruce Timm: De Batman: A Série de Animação Catwalk (sic) e Das Novas Aventuras de Batman Culto ao Gato (sic), além do curta animado da Mulher-Gato. Como se não bastassem os erros grosseiros de tradução, o disco traz apenas as prévias de Liga da Justiça, Lanterna Verde e Superman e o curta-metragem da Mulher-Gato.

Box promete a minissérie, mas traz a série

Já com o box de V, o erro é pior ainda: a embalagem anuncia que se trata da minissérie original, mas o box traz a série que foi derivada da referida minissérie. Em 1983, foi lançada uma minissérie em dois capítulos chamada V, que teve uma continuação no ano seguinte, batizada como V – A Batalha Final (em três capítulos). A partir daí, o projeto se transformou numa série regular, chamada de V – A Série que teve 19 episódios semanais. É esta série que está no DVD. Para o público que não conhece o material original, soa meio confuso comprar uma série que começa pela metade, pois o primeiro episódio já inicia com a guerra entre humanos e extraterrestres correndo solta e não mostra como eles chegaram aqui e como tudo começou. Nós já tínhamos sonhado com a chegada desta série no Brasil (veja o post publicado aqui). Só não esperávamos que chegasse dessa forma, tão descuidada.

Embalagens originais das duas minisséries e da série regular

Evidentemente, não foi má fé da distribuidora, mas sim o despreparo dos responsáveis pela arte das capas, que simplesmente se limitaram a traduzir (muito mal, diga-se de passagem) o original americano sem verificar se o disco da versão nacional trazia o mesmo que a edição americana. No caso de V, a questão é ainda mais complicada, pois como o mercado americano é mais aquecido que o brasileiro, eles possuem três boxes: um da primeira minissérie, outro da segunda minissérie (embalagem toda preta) e o terceiro box metálico, trazendo a série regular. A Warner simplesmente pegou a primeira embalagem, que é a mais ilustrada, e colocou no produto, sem se preocupar com o conteúdo.

A Fundação Procon-SP (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) informa, por meio da sua assessoria de imprensa que o caso é enquadrado no Artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor, que diz o seguinte (os grifos são nossos): “Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com as indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.

§ 1° Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:

I – a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso;

II – a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;

III – o abatimento proporcional do preço.”

A Assessoria de Imprensa do Procon informa ainda que o consumidor que assim o desejar, deve se dirigir à unidade mais próxima e fazer sua reclamação para que seja dada entrada ao processo. A Warner Brasil foi procurada por nossa reportagem e, até o momento, não se manifestou a respeito, mas o espaço continua aberto para a defesa da distribuidora. Esperamos que esse erro seja corrigido e que haja mais atenção na confecção dos próximos produtos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s