Saído do Forno: Wolverine e os X-Men

Apesar do título, não se trata do desenho animado, mas sim de uma nova revista em quadrinhos do grupo de heróis mutantes. Após os eventos do arco “Cisma”, que levou a um confronto entre Wolverine e Ciclope e o rompimento dos X-Men, duas novas equipes mutantes são formadas. A revista Wolverine & the X-Men é uma delas, que mostra o surgimento de uma nova escola para mutantes – o Instituto Jean Grey para Estudos Avançados. Com roteiro de Jason Aaron e desenhos de Chris Bachalo, a nova revista chega às comic shops americanas revolucionando o universo mutante. Nós tivemos acesso a esse material e trazemos as nossas primeiras impressões.

Esta é a nova escola de mutantes. Com torre de gelo e tudo.

Apesar de terem poderes especiais, os X-Men sempre se identificaram com os leitores por dividir algo em comum com eles, que é o fato de serem alunos e estarem aprendendo como usar seus poderes. Enfrentando ameaças atrás de ameaças, os heróis perderam essa característica e se tornaram mais soldados do que estudantes. Esta é a premissa da nova revista, onde Wolverine reativa o antigo Instituto Xavier para ensinar mutantes adolescentes no uso de seus poderes e, principalmente, dar continuidade aos ideais do Professor X, que é um mundo pacífico com a humanidade coexistindo em suas diferenças.

Novo logotipo da escola, que usa o slogan de Wolverine.

O roteiro trata o tema com bom humor, mostrando o primeiro dia de aula, com a escola recebendo a visita de inspetores do Departamento de Educação para vistoriar as novas instalações do colégio. O local foi restaurado por Hank McCoy, o Fera, e os oficiais passeiam pelas dependências, anotando tudo o que enxergam de errado, para desespero do Diretor Logan e da diretora Kitty Pryde. O texto brinca com o fato dos X-Men terem perdido sua característica de alunos, num diálogo entre Kitty e a inspetora. A mutante afirma que é qualificada para a direção da escola, já que teve formação no antigo Instituto Xavier, em colégios ingleses (quando esteve no grupo Excalibur), atuou no conselho da Shield e também estoudou física na Universidade de Chicago. A inspetora, então, retruca: “Bem, vejo que estudou em vários lugares, mas nunca terminou realmente nenhum curso, não é?”.

Rei Negro: problemas no primeiro dia de aula

O restante da história é uma sequência de gags que só piora a situação dos diretores, com alunos fazendo travessuras, professores estressados gritando com uma classe rebelde, equipamentos perigosos em funcionamento e finalizando com um ataque do novo Rei Negro do Clube do Inferno, que se revela o responsável por todos os eventos anteriores das aventuras dos X-Men, inclusive pelo abalo na amizade entre Wolverine e Ciclope. Ao final da edição, um gráfico mostra quem é quem na nova revista.

Quem é quem na nova revista

Tecnicamente, Wolverine e os X-Men não trouxe nada de novo, exceto pela retomada às origens. O atrativo da edição é o texto bem humorado que mostra algo certamente vivido pela maioria dos donos de algum estabelecimento, quando recebe a visita de fiscais e têm que provar que estão aptos a trabalhar de acordo com a lei. Os roteiristas só não podem esquecer que um texto engraçadinho é divertido e foge do comum, mas o uso em excesso pode cansar. Sem contar que alguns personagens (alunos) são novos e o excesso causa uma confusão na cabeça dos leitores. Mas, em se tratando de X-Men, confusão de personagens é algo que os fãs já estão habituados. Chega a dar saudades em que a escola do professor X tinha, no máximo, oito alunos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s