RIO é praia, carnaval, futebol e muita, muita diversão

Normalmente, quando os americanos fazem um filme tendo o Brasil como cenário, podemos esperar uma visão distorcida do País e várias polêmicas de quem se sente ofendido com o modo como nossa realidade é encarada lá fora. Não é o caso de Rio, animação que estreou este final de semana em circuito nacional.

Welcome to the Rio

Claro que o fato de ter um brasileiro na direção – Carlos Saldanha, da Blue Sky, o mesmo estúdio que produziu a trilogia “A Era do Gelo” – ajudou, e muito, a ter uma visão mais fiel. Tão fiel que Rio é praticamente um passeio turístico pela cidade brasileira mais famosa do mundo. Tem a praia de Copacabana com seu emblemático calçadão em ondas, a favela da Rocinha, o jogo da Seleção no Maracanã (um doce pra quem adivinhar quem é o time adversário), os arcos da Lapa, o Sambódromo (em pleno Carnaval), o Pão de Açúcar e seus bondinhos panorâmicos e, claro, o Cristo Redentor, visto de todos os ângulos – até um turista fazendo uma foto com os braços abertos em frente ao monumento não foi esquecido. Detalhe que só um brasileiro poderia reproduzir.

Blu e Jade passeiam pelo Cristo Redentor na asa delta

Mas não é só isso que faz de Rio uma animação obrigatória. A animação é extremamente bem produzida, com um roteiro repleto de humor e uma trilha sonora cuidadosamente composta pelo músico Sérgio Mendes, que conta com nomes de peso como Bebel Gilberto, Carlinhos Brown, Will.I.Am e Jamie Fox entre outros.

Não se faça de difícil, princesa!

O filme conta a história de Blu, uma arara azul que é o último macho da espécie. Capturado por traficantes de aves, Blu foi parar em Minnesota (estado localizado no extremo norte americano, na fronteira com o Canadá). Criado em cativeiro por uma bibliotecária chamada Linda, Blu acostumou-se com a comodidade e nunca aprendeu a voar até que um ornitólogo brasileiro chamado Túlio (dublado por Rodrigo Santoro) o encontra e pede a linda para trazê-lo ao Brasil, a fim de acasalar com a fêmea Jade e evitar a extinção da espécie.

O tucano Rafael ensinando Blu a voar

Aqui, Blu é “sequestrado” novamente pelos contrabandistas e acorrentado a Jade para serem vendidos a um alto preço. Na fuga, conhece Rafael, um tucano cheio de filhos, um mais peste que o outro; Pedro e Nico, dupla formada por um pardal e um canário com a ginga característica dos cariocas e Luiz, um buldogue especialista em equipamentos mecânicos, cuja maior característica é a baba que escorre de sua boca. Há também o vilão da história, Nigel, uma cacatua frustrada e feia, que descarrega toda sua mágoa nas outras aves colaborando com o contrabando.

Pedro e Nico representam toda ginga e malandragem do carioca

O filme garante bons momentos do começo ao fim e tem piadas memoráveis, como o segurança que se rende ao ritmo do Carnaval, ou a paixão dos brasileiros pelo futebol, que ficam hipnotizados diante da TV. Há também momentos mágicos como o musical de abertura, que mostra toda diversidade da fauna brasileira, com aves de todas as cores e, que até lembra o clássico “Aquarela do Brasil”, desenho de Walt Disney em que as formas e cores feitas por um pincel dava vida aos cenários tropicais do País.

Linda e Túlio, amantes de aves

Claro que nem tudo é perfeito. Há vários clichês no filme, como os vilões burros e atrapalhados, o cúmplice que se arrepende e muda de lado e o romance chove-não-molha dos personagens humanos protagonistas. Sem contar a menção de “Garota de Ipanema” como uma música de baile de Carnaval. Mas, levando em conta que essa é a canção brazuca mais conhecida lá fora, o fato é perdoável. Aliás, todos os defeitos não tiram o brilho de Rio, produção feita sob medida para alavancar os próximos eventos esportivos do País. Animação feita por um estúdio americano, mas que saiu de um coração brasileiro. A maior prova é a última frase dita antes dos créditos finais, declaração de amor à Cidade Maravilhosa e às suas belezas naturais. Só faltou mesmo a presença do Zé Carioca.

Vem pro Carnaval do Rio!

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s