Natal de Ouro Disney

Uma das lembranças que tenho de minha infância e juventude é que, nesta época, as bancas ficavam recheadas de publicações especiais sobre o Natal. Tinha desde a Turma da Mônica até os quadrinhos de super-heróis. Mas a mais tradicional mesmo era da Disney. A revista Natal de Ouro Disney estreou em dezembro de 1979 e durou exatos 20 anos, com sua última edição, de número 20, lançada em dezembro de 1998. De lá pra cá, a divisão de quadrinhos da Editora Abril sofreu uma considerável queda nas vendas, o que levou a editora a descontinuar diversos títulos. Um corte radical, por assim dizer: as únicas pratas da casa que permaneceram intocáveis – em termo de continuidade, porque mudaram bastante em relação à qualidade – foram o Pato Donald, Zé Carioca, Mickey e Tio Patinhas.

Primeiro Natal de Ouro foi em 1979

Este ano, a editora resolveu dar um presente aos leitores e ressuscitar o título Natal de Ouro Disney. São 14 histórias que vão desde as mais antigas (tem uma de 1949, do mestre Carls Barks, criador do Tio Patinhas) até as mais recentes (2003), que resgatam aquele clima mágico que só a Disney sabe fazer e só o Natal pode proporcionar. E, como Natal tem tudo a ver com magia e sonhos que se realizam, os fãs podem comemorar: Também foram ressuscitados uma leva de dez (eu disse dez!) almanaques de personagens, todos com 84 páginas e precinho camarada (R$ 4,20). Eis a lista com as respectivas datas de lançamento divulgadas pela editora (pode sofrer alterações):

A primeira leva de almanaques sai dia 17

– Pato Donald (17 de dezembro);

– Zé Carioca (17 de dezembro);

– Pluto (17 de Dezembro);

– Peninha (17 de dezembro);

Até o Tio Patinhas vai querer comprar todos!

– Tio Patinhas (21 de dezembro);

– Pateta (21 de dezembro);

Antes do Natal, a coleção se completa

– Prof. Pardal (22 de dezembro);

– Margarida (22 de dezembro);

– Mickey (22 de dezembro);

– Super-Heróis (22 de dezembro).

Ufa…! É um presentaço para os fãs, ideal para encerrar com chave de ouro (sem trocadilhos) o ano do 60º. aniversário de publicação da revista do Pato Donald. Aliás, foi com essa revista que a Editora Abril começou suas atividades. Então, só nos resta desejar que essas publicações retomem os áureos tempos dos quadrinhos Disney na editora e que continuem atraindo cada vez mais novos leitores. O natal de 2010, com certeza, será um pouco mais dourado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s