Iabadabaduuuu!! Flintstones celebram 50 anos

Séries que retratam o cotidiano das famílias americanas são comuns nos Estados Unidos. Mas poucas são tão divertidas e alcançaram tanto sucesso como os Flintstones, que hoje (30/9) celebram 50 anos de existência.

Essa família é de lascar!

Criada pelos estúdios Hanna-Barbera em 1960, os Flintstones foram a primeira série animada a ser exibida em horário nobre e durou seis temporadas, sendo a mais longa série de animação da história durante mais de 30 anos. Só perderam esse posto para outra família: os Simpsons, em 1997. Diferente dos outros desenhos da época que tinham curta duração, os Flintstones eram exibidos em episódios de meia hora que mostravam o dia a dia de uma família da idade da pedra.

Fred, o astro da série

Caso você tenha vivido no período jurássico e, porventura, não saiba de quem estamos falando, vamos lá: os Flintstones são uma família formada por Fred (o patriarca), Wilma (a esposa), Pedrita (a filha) e Dino (o dinossauro de estimação). São vizinhos da família Rubble, formada por Barney, Beth e Bam-Bam (nada a ver com o Big Brother – ou tudo a ver, dependendo do ponto de vista). Enquanto Fred e Barney dividem seu tempo entre o trabalho na companhia pedreira do Sr. Pedregulho e os jogos de boliche, Wilma e Beth saem para as compras e tomam chá juntas e Bam-Bam e Pedrita brincam na escola e no parque de diversões.

Boliche com passos de balé

O divertido do desenho era exatamente isso: toda a modernidade do século 20 foi transferida para o período paleolítico e é comum a existência de aparelhos como um mamute aspirador de pó, máquina fotográfica com pássaro dentro que fazia o retrato esculpindo uma pedra, automóveis movidos a pés, televisor, telefone e outros equipamentos absurdos para a época, mas extremamente engraçados.

Bam-Bam e Pedrita

Anos Dourados (em pepitas, obviamente)

Os Flintstones foram exibidos em mais de 80 países e traduzido em 22 línguas. Após o fim da série, surgiram alguns “derivados”, como o desenho Bam-Bam e Pedrita (Pebbles and Bamm-Bamm Show, 1971-72), com os filhos dos personagens já adultos e Os Flintstones nos Anos Dourados (The Flintstones Kids, 1986-88), que é o inverso: os personagens principais quando eram crianças. Nenhuma delas, no entanto, teve a mesma repercussão.

Live-action: Ascensão na primeira versão...

Além disso, os Flintstones também ganharam uma versão em carne e osso em 1994 (The Flintstones – The Movie), com John Goodman como Fred, Rick Moranis como Barney, Elisabeth Perkins como Wilma e Rosie O’Donnell como Betty. Nesse filme há uma brincadeira em que Halle Berry (a Tempestade de X-Men) interpreta a personagem Sharon Stone, numa piada com a palavra “stone” (pedra, em inglês). O filme rendeu mais de US$ 350 milhões em bilheteria e, se não foi um blockbuster, ao menos foi suficiente para uma continuação em 2000.

...e queda na continuação.

Com novos atores (Mark Addy, Stephen Baldwin, Kristen Johnston e Jane Krakowski como Fred, Barney, Wilma e Beth, respectivamente), Os Flintstones em Viva Rock Vegas, mostrando como Fred e Barney se tornaram amigos e como conheceram suas esposas. Foi um tremendo fracasso (arrecadou US$ 35,2 milhões e teve um custo de US$ 58 milhões) e enterrou uma possível franquia.

Se hoje temos os Simpsons, a Família Dinossauros, Family Guy e até mesmo os Jetsons, além de muitos outros, sem dúvida, devemos à herança de Fred e Cia. Por isso, só nos resta desejar os parabéns à essa família que, há mais de 5000 anos, alegra tantas gerações.

Curiosidades:

Passado e futuro alegrando o presente

– Em 1987, a Hanna-Barbera produziu o longa-metragem Os Jetsons e os Flintstones se encontram, que promove o encontro da família pré-histórica com a família futurista. Elroy, o filho de George Jetson, cria uma máquina do tempo que leva sua família ao século 25 a. C. e, evidentemente, as duas famílias se tornam amigas.

– O episódio piloto da série (que tinha pouco mais de um minuto) se chamava Os Flagstones, depois mudado para Flintstones.

WILMAAAAAAAA!! Que mau exemplo!

– Como era um desenho exibido em horário nobre – e, portanto, para adultos – o patrocinador da atração era a empresa de cigarros Reynolds Tobacco. Foi, inclusive, produzido um comercial em que os personagens aparecem fumando os cigarros da marca Winston.

– A brincadeira com Halle Berry não foi exclusiva do filme. Os desenhos animados viviam apresentando “convidados” em seus episódios e associando seus nomes reais com traduções “rochosas”. Os atores Tony Curtis e Cary Grant viraram Stony Curtis e Cary Granite; o apresentador Ed Sullivan apareceu com Ed Sullystone e o cantor Bruce Springsteen virou (adivinhe!) Bruce Springstone. Nem o Rei do Pop escapou de virar Michael Jackstone. Hilário!

Marca registrada da série

– o grito Iabadabadu (Yabba Dabba Doo na grafia original) era para ser um simples Yahoo, mas o dublador achou simples demais e resolveu incrementar. Ainda bem, pois virou a marca registrada de Fred Flintstone! Outra marca da série era quando Fred se irritava e chamava a esposa com sua voz cavernosa (com o perdão do trocadilho): WIL-MAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

– Até o Google resolveu homenagear a data, adaptando sua logomarca com a imagem dos personagens da série.

homenagem do Google

– A canção-tema da série de TV, Meet the Flintstones, foi adaptada para o filme de 1994, interpretada pelo grupo B-52’s.

Anúncios

2 comentários

  1. Que delicia de matéria sobre esta familia que acompanho a anooooosssss… melhor nem comentar quantos… hehehehe
    só aqui mesmo pra gente ter aquela sensação de melancolia gostosa ao relembrar destas séries que marcaram infância e fase adulta (que não deixa de ser uma infância que não quer calar)… parabens aos Flintstones e a você.

    Tentei te mandar um mail, mas voltou, não sei se o UOL me bloqueou ou coisa parecida. tem outro??? estou precisando de uma ajudinha. E as estréias nada???

  2. Belo, foi o encerramento do ciclo dos Flisntstones com os dois especiais para TV, do casamento de Pedrita e Bambam e o nascimento do neto, em que aparecem pouco antes de suas mortes, como personagens: Hannah e Barbera.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s