O mundo é das (super) mulheres

Namora ou não namora?

As mulheres estão com tudo! Marvel e DC anunciaram recentemente novos títulos envolvendo suas personagens femininas, algumas até inesperadas, como Namora, a prima de Namor, cujo título solo chega às comic shops americanas no dia 23 deste mês. Na trama, a personagem atlante encontra uma colônia desaparecida do seu povo e vai conduzí-los de volta ao seu novo lar chamado Oceana, mas os atlantes não estão dispostos a sair de onde estão e, pra piorar, a princesa marinha ainda tem que enfrentar ninguém menos que o Kraken.

Ao resgate, Pepper!

Outra heroína que ganha um título próprio é alguém nova no mundo heroico. Como consequência da perseguição promovida por Norman Osborn, Tony Stark sumiu do mapa e criou uma armadura para sua secretária Pepper Potts. A “mulher de ferro” que, até então não tinha nome, não apenas foi batizada como ganhou sua própria revista: Resgate. Diferente do Homem de Ferro, a armadura de Resgate não foi projetada com armas de ataque – uma estratégia de segurança de Stark, para evitar que caísse nas mãos de Osborn. Assim, Resgate é uma heroína que tem as missões de salvamento como diretriz principal. É verdade que o título é uma edição única, mas dependendo da recepção dos leitores, nada impede de se tornar uma publicação regular.

Heroina quente

No mesmo esquema de edição única, a ex-Nova Guerreira e ex-Vingadora Flama também teve uma revista com seu nome. A heroina surgiu como coadjuvante de um desenho do Homem-Aranha nos anos 80 e fez tanto sucesso que acabou incorporada aos quadrinhos. A revista foi uma prévia para ao lançamento do novo grupo da “Era Heróica”, Young Allies (Jovens Aliados), formado pela própria Flama, Araña, Nômade, Gravity e Toro. O grupo é uma referência aos heróis dos anos 40 formado pelos parceiros do Capitão América e Tocha Humana, Bucky e Centelha.

Jovens aliados da Era Heroica

Não por acaso, fazem parte da equipe a jovem Bucky da série Heróis Renascem, que assumiu o nome de Nômade quando passou para o nosso universo, e Toro cujo nome possui duplo sentido: em espanhol, significa “touro” (daí o visual do herói) mas também é o nome em inglês do jovem Centelha. Vale dizer que tanto Nômade quanto Araña, as personagens femininas do grupo, já tiveram uma minissérie solo.

Avante Vingadoras!

Para o público infantil, a Marvel lançou este mês a revista Her-oes, assim mesmo, com hífen. É que o título é uma brincadeira com o pronome Her (dela), uma vez que a revista conta a história de um grupo formado só pro heroinas: Mulher-Hulk, Vespa e Namora. A capa da primeira edição traz também a Valquíria e Miss Marvel, mas elas não estão na história. Provavelmente devem aparecer nas próximas edições.

Abracadabra!

Do lado da DC, quem vai brilhar numa série sólo é a mística Zatanna. A personagem já teve uma mini em 2005 em quatro edições escritas por Grant Morrisson e agora ganha outro volume, a partir do mês que vem. Ao que tudo indica, 2010 vai ser o ano das mulheres nos quadrinhos. Esse material deve chegar por aqui só no ano que vem, mas serve para quebrar o estereótipo de que super-herói tem que ser musculoso e brutalhão. Delicadeza, sensualidade e muita beleza também são armas no combate ao crime.

Anúncios

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s