Eles estão entre nós… (e não é de hoje!)

As perguntas sobre se estamos ou não sozinhos no Universo sempre povoaram o imaginário popular. Mais ainda: se não estamos sozinhos, serão os habitantes de outros planetas amigos ou inimigos? Essa pergunta dá margem para uma série de roteiros hollywoodianos, abraçando as duas frentes. Steven Spielberg abraçou a amizade, bondade e respeito em “E. T., o Extraterrestre” (1981). Já Rolland Emmerich preferiu a conquista, dominação e crueldade em “Independence Day (1996). Isso para citar apenas dois filmes.
Quem assistiu “Independence Day” deve se lembrar quando gigantescas naves espaciais se aproximam da Terra e pairam sobre diversos pontos do mundo, causando surpresa, medo e até mesmo empolgação para alguns. Pois bem… embora tudo isso tenha sido elevado à maior potência tecnológica que a segunda metade dos anos 90 poderiam proporcionar, estas cenas já tinham sido mostradas há mais de 10 anos antes, na minissérie “V” (1983), exibida primeiramente pela Rede Globo e depois pelo SBT.

Cartaz de "V"

A série teve dois episódios de duas horas cada e, no ano seguinte, foi feita uma continuação, “V – The Final Battle”, com três episódios de 90 minutos. As duas minisséries fizeram tanto sucesso que geraram uma série semanal, com 19 episódios de 42 minutos cada, sendo que estes são considerados como a segunda temporada e as duas minisséries juntas formam a primeira.
Em novembro do ano passado, a série reestreou pelo canal ABC, devidamente atualizada e com um elenco que inclui Scott Wolf (O Quinteto), Laura Vandervoort (a Supergirl de Smallville) e a brasileira Morena Baccarin como a líder dos extraterrestres. A série vem alcançando uma boa audiência e, quem já teve a oportunidade de acompanhar os episódios pôde comprovar que a trama é muito boa, cheia de surpresas, mistérios e reviravoltas.

Box de colecionador da série clássica

Mesmo quem já viu a série anterior e conhece o enredo se envolve no roteiro inteligente e bem conduzido, pois a ideia principal está lá, mas são novos personagens, uma nova história e, principalmente, uma nova realidade. Dia desses, garimpando pela net, encontrei um simpático box para colecionador da série clássica que me deixou apaixonado: ele reproduz a nave espacial dos visitantes e vem acondicionado numa embalagem transparente (clique na imagem para ver maior).
A possibilidade deste produto chegar ao Brasil é praticamente nula, mas, com o sucesso da nova série, ainda fica a esperança de ao menos termos o box simples e podermos rever esta fantástica e revolucionária série que, mesmo com toda a falta de recursos, marcou uma época e se tornou tão importante que mereceu uma releitura.
Mãe, eu quero um desses!!
Anúncios

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s